Em nota, Partido Novo defende impeachment de Bolsonaro

Segundo a legenda, que apoiou Bolsonaro no segundo turno das eleições de 2018, houve 'diversos crimes de responsabilidade'
-Publicidade-
Partido Novo, que apoiou Jair Bolsonaro no segundo turno em 2018, agora defende o <i>impeachment</i>
Partido Novo, que apoiou Jair Bolsonaro no segundo turno em 2018, agora defende o impeachment | Foto: Divulgação

Em nota divulgada nesta segunda-feira, 5, a direção do Partido Novo se manifestou pela primeira vez a favor da abertura de um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Em 2018, a legenda apoiou a candidatura de Bolsonaro no segundo turno das eleições presidenciais, contra o petista Fernando Haddad.

“Após detalhada análise técnica, consultas a juristas, discussões, e ampla reflexão sobre os fatos apresentados e consolidados pela CPI da Pandemia, o Novo conclui de forma inequívoca que o presidente Jair Bolsonaro cometeu diversos crimes de responsabilidade previstos na Lei Federal nº 1.079/50”, diz a legenda no comunicado. “Dessa forma, o Partido Novo se posiciona a favor da abertura do processo de impeachment do presidente da República Jair Messias Bolsonaro.”

Leia também: “Amoêdo desiste de disputar eleições presidenciais de 2022”

-Publicidade-

Ainda de acordo com o Novo, “Bolsonaro negou a gravidade da covid-19, boicotou e debochou das medidas básicas, estimulou aglomerações, recomendou remédios sem eficácia comprovada, disseminou desinformação sobre as vacinas e nada fez para conter a pandemia”.

Citando denúncias apresentadas na CPI da Covid no Senado, o Novo afirma ainda: “Não bastasse o descaso com a compra das vacinas, surge então a forte suspeita de um grande esquema de corrupção. […] O Ministério Público Federal abriu uma investigação criminal e a Polícia Federal, um inquérito. O STF aceitou o pedido da PGR de abertura de inquérito para investigar a suposta prevaricação de Bolsonaro”.

RACHA

Apesar da decisão da cúpula do partido de apoiar o impeachment, o consenso ainda está distante entre a bancada do Novo no Congresso Nacional. O líder da legenda na Câmara, Vinicius Poit (SP), afirmou ao site O Antagonista que a manifestação favorável ao afastamento de Bolsonaro “não é a posição da bancada”. “Alguns deputados da bancada não entendem que existem elementos para apoiar [o impeachment]”, disse o parlamentar.

Leia também: “Bolsonaro sugere que é perseguido por autoridade alvo de chantagem”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

24 comentários

  1. E coisa do canalha do Amoedo, político vagabundo, que deve estar interessado em participar do rateio do Betim. Vejamos se a bancada do partido apoia esse sábado. Esta comprovado que não.

      1. Como sempre querem confundir o povo , a verdade é que a oposição é responsável por 250 mil mortes no Brasil, se tivessem seguido o protocolo de Porto Seguro como era defendido por Bolsonaro.

  2. Cada louco com sua mania. Dizer que o Presidente não fez nada para conter a pandemia é até ridículo. Bilhões enviados para governadores e prefeitos. Decretou calamidade pública. Já atingimos a marca de 100 milhões de vacinas. Mandou o exército trabalhar 24 horas por dia para enviar equipamentos, vacinas e até doentes. Disse com todas as letras que liberaria todas as vacinas aprovadas pela Anvisa. Só isto mostra que o Novo é uma outra gangue querendo tirar o poder da outra gangue.

  3. O Novo está cometendo suicídio político ao apoiar suas premissas em depoimentos de pessoas nada confiáveis em uma CPI conduzida por políticos que carregam o peso de processos e denúncias de corrupção comprovadas pela PF.

  4. Politicamente, essa pandemia serviu para mostrar a cara dos falsos defensores da democracia. As verdadeiras máscaras dos canalhas esquerdistas estão caindo aos poucos. Espero que a população esteja atenta e não se deixe mais enganar pelos falsos moralistas.

  5. NOVO, PSDB,DEM rumam rapidamente para a extinção. Com a polarização vão crescer um partido à direita e um à esquerda. Todos os outros virarão nanicos. Os três partidos citados engrossaram as manifestações de esquerda donde foram enxotados e apanharam.Conclusão, a esquerda não os aceita, o centro é uma miragem e na direita estão desmoralizados.

      1. É mesmo? E vai votar em quem, no PSL ou no PSDB? Amoêdo vai ser defenestrado uma hora dessas, e o partido vai poder seguir seu caminho de única opção verdadeiramente liberal neste país.

  6. O partido Novo se comporta com a canalhice de sempre na política nacional. Pensei quando foi criado em me filiar. Ainda bem que a prudência me mandou esperar. Um lixo bem VELHO.

  7. Novo representa o traço eleitoral. Sem qualquer representatividade, confunde-se com o PSOL em tons mais alaranjados. Mais brochante, impossível.

  8. O NOVO ficou velho depressa demais. Defender impeachment sem crime de responsabilidade, não inventado, só para tentar viabilizar um “candidato de centro”, é muita falta de ética (que eles sempre defenderam). Virou um PT da vida.

  9. Votei no Amoedo no primeiro turno. Nunca fiquei mais feliz em ter “perdido o voto”.
    Sim, o voto da maioria leva a uma melhor escolha, neste caso, o presidente Bolsonaro. Agora deixem ele tentar consertar alguns dos muitos estragos deixados como “presente de grego”, ou pior ainda, de comunista.

    1. Como assim? Votou no sujeito só por votar? Ficou feliz por ter perdido o seu voto? Eu sou mais honesto em dizer que votei no Bolsonaro nos dois turnos, não porque eu seja bolsonarista, mas um antipetista e não me arrependi disso e que pelo visto, terei que repetir o voto. Tem momentos que é sempre bom ficarmos calados.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site