Febraban reitera apoio a manifesto tido como contrário ao governo e se desvincula da Fiesp

O ministro da Economia, Paulo Guedes, teceu críticas ao documento
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Febraban
Foto: Divulgação/Febraban

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) reafirmou que apoia o conteúdo do manifesto “A Praça é dos Três Poderes”. No documento, as principais instituições financeiras privadas do país ressaltam a busca pela “defesa da democracia e da pacificação política”. O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o documento “parece mais contrário ao governo e menos a favor da democracia” por não direcionar críticas aos atos do Supremo Tribunal Federal.

No comunicado, emitido na quinta-feira 2, a Febraban salientou ainda que não vai esperar a divulgação oficial da papelada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), responsável pela coordenação do movimento. A Fiesp havia adiado a formalização do manifesto sob a justificativa de conseguir mais tempo para reunir adeptos. Em razão da carta ter sido vazada à imprensa, a Febraban informou que “não ficará mais vinculada às decisões da Fiesp”.

Comunicado da Febraban

-Publicidade-

“A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) reafirma o apoio emprestado ao manifesto ‘A Praça é dos Três Poderes’, cuja adesão se deu, desde o início, dentro de um contexto plurifederativo de entidades representativas do setor produtivo e cuja única finalidade é defender a harmonia do ambiente institucional no país.

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) assumiu a coordenação do processo de coleta de assinaturas e se responsabilizou pela publicação, conforme e-mail dirigido a mais de 200 entidades no último dia 27 de agosto.

A Febraban considera que o conteúdo do manifesto, aprovado por sua governança própria, foi amplamente divulgado pela mídia do país, cumprindo sua finalidade. A Federação manifesta respeito pela opção do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, que se posicionaram contrariamente à assinatura do manifesto.

Diante disso, a Febraban avalia que, no seu âmbito, o assunto está encerrado e com isso não ficará mais vinculada às decisões da Fiesp, que, sem consultar as demais entidades, resolveu adiar sem data a publicação do manifesto.

A Febraban confirma seu apoio ao conteúdo do texto que aprovou, já de amplo conhecimento público, cumprindo assim o seu papel ao se juntar aos demais setores produtivos do Brasil num pedido de equilíbrio e serenidade, elementos basilares de uma democracia sólida e vigorosa.”

Leia também: “Intelectuais e veículos de imprensa lançam manifesto pela liberdade de expressão”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

14 comentários

  1. Febraban – é dirigida por um bando de USURPADORES e EGOCÊNTRICOS esse tipo de gente só pensa neles….bando de FDP. Paga pouco impostos e explora os Brasileiros com altas taxas de Juros. Cretinos Energúmenos – Biltres – gente da pior espécie.

  2. A maioria desses bancos tem em sua direção pessoas simpatizantes ou esquerdistas natos, é na dificuldade do povo e das empresas que eles ganham muito dinheiro com juros, Febraban, vai se lascar seus canalhas!!

  3. Há muito tempo, a Liberdade, a Democracia e a Constituição vêm sofrendo ataques maciços. Sòmente hoje a Febravan veio se manifestar ? E ainda sem definir corretamente a sua posição ? Coisas estranhas acontecem. ( SETE ) mbro MANIFESTAÇÃO.. Estão convocados todos os Patriotas

  4. A Febraban reune uma casta social de poderosos abastados que precisam estar colados ao STF por uso e benefícios. Umas porque já são investigadas por crimes do colarinho branco, outras porque ainda serão.

  5. Os bancos que ganharam muito dinheiro com o PT escolheram seu lado. São os donos de boa parte da imprensa dedicada a atrapalhar o Brasil. Canalhas vendidos ao Deus dinheiro.

  6. Quer dizer que a Febraban, que deveria se voltar contra a esquerda que, através de seus lacaios causam grandes prejuízos ao comércio e aos bancos particulares e oficiais com quebra-quebra e todo tipo de violência contra as forças policiais disfarçados de “manifestantes” faz justamente o contrário ? Muito suspeito isso.
    Virou mais um sindicato da Orcrim ?

  7. Desde quando a Febraban se enquadra como representante de “entidade do setor produtivo” (primeiro parágrafo do Comunicado)?

    É público e notório o vínculo entre alguns dos maiores bancos privados atuantes no país e a extrema esquerda que aqui governou durante décadas. Cúmplices pela alta lucratividade. Quem divergiu desse grupo foram, exatamente, os banco realmente comprometidos com o país: CEF e BB.

  8. Excelente que a FIESP irá se posicionar como fez aquí em MG a FIEMG.
    Tem gente aí em cima mal informada, afirmando que o Febraban ganhou dinheiro com o PT? kkkkk
    O maior favorecedor de bancos é Fernando Henrique Cardoso. Na verdade, tudo de ruím que aconteceu no Brasil, principalmente o conluio entre os 3 poderes, começou com o FHC, o PRÍNCIPE comunista disfarçado de social democrata.
    Encheu as burras dos bancos com 20 bilhões, isto anunciado, e ainda os bancos exigiram que funcionários do Banco do Brasil, CEF, BACEN, passassem a ser tratados como EMPREGADOS, que abolissem as camisas brancas e gravatas!!!
    Finalmente todos estão saindo de cima dos muros!!!
    E isto é bom para a Nação, pois temos agora como escolher o que nos presta!!!
    Tira Bolsonaro, CEF e BB da Febraban, e adotem um juros fora do “cartel”
    Quero ver Bradesco cobrar taxa de 17% ao mês, com a conivência da politicagem.
    Estamos avançando….
    E esses hipócritas vão dando tiros nos pés. Enquanto não se combinam, o POVO agradece.
    Henrique Meirelles, que saudades!!!
    Amoedo, grande Amoedo: não deixaremos essa porcaria ascender politicamente. Mais uma representante dessa corja.
    Missão do Amoedo: ACABAR COM O NOVO.

  9. Se nós fôssemos menos COVARDES haveria uma ENORME debandada desses bancos . SEM os TROUXAS eles não são nada.
    Banco não tem dinheiro precisa de credibilidade para que os TROUXAS coloquem seu dinheiro lá.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro