Flávio Bolsonaro critica Witzel: ‘Veio para cá para mentir’

A Oeste, senador disse que o ex-governador abandonou a oitiva 'quando percebeu que o bicho ia pegar'
-Publicidade-
Senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Após protagonizar vários embates com Wilson Witzel na CPI da Covid, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) disse a Oeste que o ex-governador do Rio de Janeiro foi ao Senado para mentir. O filho do presidente Jair Bolsonaro afirmou que o ex-juiz abandonou a oitiva “quando percebeu que o bicho ia pegar”.

Flávio Bolsonaro defendeu a reconvocação de Witzel para esclarecer pontos que ficaram sem resposta. “Falou o que quis, um monte de besteira, não respondeu a um monte de coisa importante que tinha para responder e aí ele foge, levanta e vai embora da CPI”, disse o senador após a sessão desta quarta-feira, 16.

Leia mais: “Durante fala de Girão, Witzel decide ir embora da CPI”

-Publicidade-

“Ele veio para cá para mentir e quando percebeu que o bicho ia pegar, que ele ia responder às perguntas mais ácidas, não aquelas combinadinhas como estava acontecendo com o relator, senador Renan Calheiros (MDB-AL), foi embora”, declarou Flávio Bolsonaro, que continuou: “Infelizmente ele veio para cá para fazer os senadores de palhaços, só que não conseguiu”.

Segundo o senador, Witzel usou a CPI para “tentar jogar a culpa de tudo no governo federal, fazer aquela ladainha de sempre, aquele discurso chato, repetitivo e mentiroso, de negacionismo”. No depoimento, o ex-governador criticou duramente o governo federal e disse que o presidente “deixou os governadores à mercê da desgraça que viria”.

“Ele desconsidera os quase R$ 70 bilhões que o governo federal disponibilizou só para o Estado do Rio de Janeiro, incluídas aí várias coisas, inclusive a prorrogação do pagamento da dívida do Estado com a União. Foram milhões e milhões de equipamentos de proteção individual, milhares de leitos de UTI que foram abertos, auxílio emergencial; enfim, tudo o que estava na competência do governo federal foi feito”, afirmou Flávio Bolsonaro.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Entendo que essa CPI “DO ME ENGANA QUE EU GOSTO” está trazendo um GRANDE
    BENEFÍCIO para quem quer enxergar. Está mostrando a “qualidade” dos senadores em atuação nesse circo, notadamente os dirigentes, que se julgam semi deuses, mas que em verdade têm os pés de barro. O eleitor deve valorizar o seu voto, percebendo a sua importância no desenvolvimento do país! Criaturas como Renan, Aziz, Randolfe, Humberto, Otto et caterva, CERTAMENTE, nunca seriam eleitos em um país sério e voltado ao desenvolvimento social!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site