Fux comemora ‘produtividade exemplar’ do STF

Presidente da Corte destaca trabalho realizado ao longo de 2020
-Publicidade-
Luiz Fux: presidente do Supremo Tribunal Federal | Foto: Rosinei Coutinho/STF
Luiz Fux: presidente do Supremo Tribunal Federal | Foto: Rosinei Coutinho/STF | luiz fux - produtividade exemplar - stf

Presidente da Corte destaca trabalho realizado ao longo de 2020

luiz fux - produtividade exemplar - stf
Luiz Fux: presidente do Supremo Tribunal Federal | Foto: Rosinei Coutinho/STF

O ano de 2020 foi de “produtividade exemplar” no Supremo Tribunal Federal (STF). Ao menos essa é a análise do presidente da Corte, Luiz Fux. Em sessão realizada na manhã desta sexta-feira, 18, em ato conhecido por marcar o fim dos trabalhos do Poder Judiciário brasileiro antes do recesso, o ministro elogiou o desempenho de seus pares e apresentou números relacionados a processos em geral e questões relacionadas especificamente à covid-19.

-Publicidade-

Leia mais: “Lava Jato: STF arquiva investigação contra ex-presidente do Senado”

“Juízes e juízas comprometidos com seus deveres constitucionais, apresentando produtividade exemplar e construindo novos caminhos para concretizar o acesso à Justiça”, afirmou Fux, em menção a integrantes do Supremo e demais magistrados do país. Segundo o site do próprio STF, o presidente analisou a situação mundial. De acordo com o ministro, o planeta enfrenta “o momento mais trágico para a humanidade desde a Segunda Guerra Mundial.”

Para embasar a anunciada produtividade do STF ao decorrer dos últimos meses, Fux destacou o segundos números em relação a processos julgados em 2020:

  • Plenário

124 — Discussões presenciais ou por videoconferência;

5.530 — Plenário virtual.

  • Primeira Turma

551 — Discussões presenciais ou por videoconferência;

6.069 — Plenário virtual.

  • Segunda Turma

112 — Discussões presenciais ou por videoconferência;

5.257 — Plenário virtual.

O Plenário do STF é formado pelos 11 ministros. Atualmente, a Primeira Turma é composta por Rosa Weber, Marco Aurélio, Dias Toffoli, Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. A Segunda Turma, por sua vez, conta com os trabalhos dos ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Edson Fachin e Nunes Marques. O presidente Luiz Fux não participa de nenhuma das turmas.

Covid-19

Com o Brasil em estado de calamidade pública desde março devido à pandemia de covid-19, Luiz Fux destacou a relação da doença com o STF. Somente sobre o novo coronavírus, mais de 6,4 mil processos foram encaminhados à Suprema Corte do país. Fora isso, a questão rendeu 7.730 acórdãos, decisões e despachos no Supremo.

Leia também: “Para onde vai o Supremo?”, matéria de capa da Edição 31 da Revista Oeste.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro