Justiça manda Alexandre Frota penhorar bens

Deputado federal pelo PSDB de São Paulo tem menos de R$ 200 em conta
-Publicidade-
Alexandre Frota, deputado pelo PSDB de SP | Foto: Luís Macedo/Agência Câmara
Alexandre Frota, deputado pelo PSDB de SP | Foto: Luís Macedo/Agência Câmara | alexandre frota - penhora bens - justiça - psdb

Deputado federal pelo PSDB de São Paulo tem menos de R$ 200 em conta

alexandre frota - penhora bens - justiça - psdb
Frota: menos de R$ 200 em conta | Foto: LUÍS MACEDO/AGÊNCIA CÂMARA
-Publicidade-

Eleito deputado federal pelo PSL de São Paulo e atualmente filiado ao PSDB, Alexandre Frota acaba de sofrer revés na Justiça. Em decisão divulgada na tarde desta quarta-feira, 22, a 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro determinou o bloqueio das contas do parlamentar em processo que envolve o cantor Gilberto Gil.

Leia mais: “Na mira da PF, José Serra está ‘internado’ em spa”

“O valor encontrado mostrou-se irrisório”

O bloqueio, no entanto, não se mostrou eficaz. Isso porque a juíza Renata Gomes Casanova constatou que o congressista tucano tem menos de R$ 200 em suas contas bancárias. “Defiro o bloqueio onl-ine, porém o valor encontrado mostrou-se irrisório”, pontuou a magistrada. O exato valor encontrado pela Justiça foi de R$ 122,21.

Diante da situação, o Poder Judiciário fluminense foi além de ordenar o bloqueio das contas do deputado federal. Assim, mandou-o penhorar bens para que consiga juntar dinheiro para indenizar Gilberto Gil em mais de R$ 90 mil. Anteriormente, o tucano já havia sido condenado a pagar o artista baiano por causa de ofensas divulgadas na internet.

A Justiça deu dez dias para que Frota apresente bens a ser penhorados.

Tucanos enrolados

Com a decisão relacionada à penhora de bens, Alexandre Frota entra para a lista de integrantes do PSDB que aparecem no noticiário relacionados ao Poder Judiciário — ou à polícia — neste mês. Anteriormente, conforme registrado por Oeste, os também tucanos Geraldo Alckmin e José Serra foram alvo de ações.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. Qualquer pessoa do partido, com um mínimo de dignidade, bradaria a condição “eu ou ele” no momento em que o boy pediu asilo no PSDB. Como foi aceito numa boa por TODOS, deduz-se que…

  2. O correto é que a Justiça mandou Alexandre Frota “nomear bens à penhora”. Erro grave na reportagem; quem penhora bens é o oficial de Justiça, mediante mandado judicial.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.