-Publicidade-

Líder do governo na Câmara reitera compromisso com reformas

Ricardo Barros afirmou também que o Palácio do Planalto defende a responsabilidade fiscal
Líder afirmou que indexação do orçamento deve render R$ 20 bilhões, em 2021 | Foto: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL
Líder afirmou que indexação do orçamento deve render R$ 20 bilhões, em 2021 | Foto: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL | O novo líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros | Foto: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL

Ricardo Barros afirmou também que o Palácio do Planalto defende a responsabilidade fiscal

líder do governo
O novo líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros
Foto: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL

O novo líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (Progressistas-PR), reiterou nesta quinta-feira, 13, o compromisso do governo federal com as reformas econômicas. “A agenda do Planalto coincide com a do Congresso Nacional, que são as reformas”, afirmou em entrevista à rádio Jovem Pan. Ontem, o presidente Jair Bolsonaro também garantiu que não irá ultrapassar o limite do teto de gastos, que proíbe o governo de contrair despesas além das receitas. “Defendemos a responsabilidade fiscal”, disse Barros.

Barros declarou que é possível aprovar uma reforma tributária sem aumento de impostos: “O sistema tributário brasileiro é muito complexo. Portanto, tenho certeza que o ministro Paulo Guedes apresentará um texto que trará fundo de equilíbrio fiscal e fundo de desenvolvimento regional”. Além disso, o líder mencionou que Bolsonaro não pretende interferir na eleição do presidente da Câmara, no ano que vem. “Temos clareza de que a Câmara não quer o presidente submisso ao presidente da República”, concluiu.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Acredito que não tiveram tempo para ler a ficha corrida deste criminoso. É compreensível, o histórico dele na justiça é extenso. Espero que quando terminarem de ler, publiquem para seus leitores conhecerem um pouco melhor o novo grande aliado do Bolsonaro.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês