Líder do governo no Senado vai ao STF se CPI do MEC for instalada

Senador diz que a Casa precisa respeitar fila de propostas de comissões
-Publicidade-
Instalação de CPI depende do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco | Foto: Pedro França/Agência Senado
Instalação de CPI depende do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco | Foto: Pedro França/Agência Senado

O senador Carlos Portinho (PL-RJ), líder do governo no Senado, afirmou nesta terça-feira, 28, que vai entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal se a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do MEC for instalada nos próximos dias.

Isso porque, segundo Portinho, outros pedidos de CPI estão na fila. Ele, inclusive, é autor de uma requisição de investigação sobre obras paradas nas gestões dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT.

A oposição ao governo de Jair Bolsonaro (PL) protocolou nesta terça-feira o pedido de abertura de CPI para investigar a gestão de Milton Ribeiro no MEC (julho de 2020 a março de 2022). Para a comissão ser instalada, o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), precisa ler o requerimento no plenário do Senado.

-Publicidade-

Ribeiro e dois pastores (Gilmar Santos e Arilton Moura) foram presos na última semana, durante na Operação Acesso Pago, deflagrada pela Polícia Federal. Eles são acusados de corrupção passiva e tráfico de influência. Todos foram soltos no dia seguinte, por decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com habeas corpus.

Na segunda-feira 27, o empresário que denunciou o esquema de corrupção no MEC disse que Ribeiro e os funcionários da pasta não sabiam das ações dos pastores. 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. Bem que o senador lider do governo poderia condicionar a instalação da CPI do MEC à instalação da CPI das ONG´s na amazônia que esta parada desde 2019, ou seja a instalação de uma nova CPI tem que respeitar a fila.

  2. Chega de conservadorismo. Virou sinônimo de plasteza e impatriostimo.
    Sabemos que canalhas se organizam em quadrilhas, a cada hora um sendo destacado para ser o representante das orcrims, ora Pacheco, ora um ou dois togados, sempre senadores vagabundos como a gazela saltitante.
    Não têm VIA alguma porque estão descobrindo que nós brasileiros de bem, e que têm um mínimo de razoabilidade no cérebro, queremos execrar esses vagabundos, saneando a cada ano essas instituições aparelhadas, principalmente senado e STF, com destaque para a Câmara Federal.
    Privatizar tudo, como prevenção para futuros golpes à nação.
    Assim como safadeza, esquerda brasileira, comunismo, têm como sinônimo progressismo, doravante Conservadorismo, direita e plasteza, passam a denominar Braga Neto.
    As armas têm que ser superiores a ideologias e criminalidade.
    Salvemos a AMÉRICA.

    1. Infelizmente não vejo como o povo poderá reverter a situação e retornarmos à Democracia.
      Já não há mais como a orcrim retroceder, não podem mais restituir o dano físico e psicológico provocado pela prisão covarde e indevida a Oswaldo Eustáquio, não podem mais dizer era brincadeirinha as mais de 400 investidas contra o Executivo sob ordem do crime organizado, partidos de esquerda que perderam suas intenções no Fórum correto, no Legislativo, não podem reverter a prisão de Daniel Silveira e tampouco a Graça Presidencial, não podem voltar atrás quando Toffoli falou que o STF comanda um semipresidencialismo, quando Barroso disse que o STF é protagonista e interviu pa5ra a não aprovação do voto impresso, quando Fachin e corja soltaram um corrupto extremamente prejudicial ao Brasil para ainda poder concorrer à Presidência, ….
      Não há como resetarem todas as nefastas e anticonstitucionais ocorrências, dar uma de bons moços arrependidos e tocar para frente sem mais nos prejudicar. Ninguém em sã consciência acreditaria!
      E nós, povo, nada podemos fazer além de cobrarmos, de quem de direito, as providências que a Constituição resguardou, as FA, e fazermos com que assumam o controle da Nação em benefício do Brasil, de nossa liberdade, democracia e soberania.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.