Lira marca reunião com caciques partidários para viabilizar acordo sobre combustíveis

O objetivo é criar um fundo estabilizador que deve proteger consumidores da volatilidade dos preços
-Publicidade-
Está sobre a mesa um projeto que trata de um novo modelo para a cobrança do ICMS
Está sobre a mesa um projeto que trata de um novo modelo para a cobrança do ICMS | Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), tenta costurar um entendimento entre líderes de partidos para poder votar, nesta semana, projetos relacionados ao preço dos combustíveis. O encontro de parlamentares deve ocorrer no fim da tarde. A ideia é levar as medidas ao plenário da Casa.

De olho na alta dos derivados do petróleo, Lira conversou sobre a possibilidade de estruturar um “fundo estabilizador”, que protegeria os consumidores das oscilações de preços. Segundo o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, lucro e tributos repassados pela estatal à União podem compor esse fundo.

Também está sobre a mesa um projeto que trata de um novo modelo para a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços sobre o gás, a gasolina e o diesel. O texto debatido pela Câmara torna a cobrança uniforme em todo o país, com porcentual pactuado entre os Estados.

-Publicidade-

Leia também: “Para que serve a Petrobras”, artigo de J. R. Guzzo publicado na Edição 49 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.