MBL pede o impeachment de Bolsonaro

O Movimento Brasil Livre (MBL) protocolou na Câmara dos Deputados um pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro.
-Publicidade-
O deputado federal Kim Kataguiri
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
O deputado federal Kim Kataguiri Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados | Kim Kataguiri

Pedido do Movimento foi protocolado na Câmara dos Deputados por Kim Kataguiri (DEM/SP) e Rubinho Nunes

Kim Kataguiri
O deputado federal Kim Kataguiri | Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O Movimento Brasil Livre (MBL) protocolou hoje na Câmara dos Deputados um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Estavam presentes o deputado federal Kim Kataguiri (DEM/SP) e o advogado do MBL, Rubens Nunes.

-Publicidade-

De acordo com o site do MBL, o pedido foi aberto em razão das denúncias feitas pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro. Para o movimento, as atitudes de Bolsonaro foram “ilegais e imorais”.

 

O MBL afirma que Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade “após este interferir no comando da Polícia Federal (PF) e tentar impedir os avanços das investigações dos filhos”.

https://www.facebook.com/kataguiri.kim/videos/651128449062191

Ná última sexta-feira, o Procurador-Geral da República, Augusto Aras, pediu que o Supremo Tribunal Federal investigasse as alegações de Moro sobre o presidente. 

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários

  1. O Turminha esta deste MBL!!! Hem?
    Agora, se o Bolsonaro respirar IMPEDIMENTO nele. Eta povinho este brasileiro.
    Se o capeta fosse presidente, ficaria lá uns 16 anos, depois entra um com boas intenções, tiram para entrar o capeta novamente.

  2. Jogada combinada com o Rodrigo Maia, será, ou suicídio político, caramba esse pessoal é doido ou só burro mesmo. Se o Rodrigo Maia, aceitar algum pedido destes, Câmara e senado já eram, o povo bota fogo até no prédio.

    1. Neste UFC político, não abrem mão de um centavo de seus salários e nem do Fundo Eleitoral. TUDO desaba nas costas do contribuinte, o pobre e injustiçado cidadão brasileiro.

    1. Essa turma do MBL querem o quê? . A volta da esquerda ao poder? Estavam todos camuflados, a favor de um pais livre e agora se mostraram quem são, ridículos!

  3. Só pode ser piada, haha. MBL virou a mesma coisa que um PSOL, PCdoB, PT etc. Não tem diferença alguma, pois o objetivo é o mesmo: chegar ao poder, custe o que custar. Esses aí podem aproveitar o resto de mandato que têm, pois não se elegem mais nem no menor município do Brasil.

  4. Parece que estou vendo novamente um Lindbergh Farias, então presidente da UNE. Esse rapaz, assim como o outro, tinha tudo para ser bons políticos, mas parece que Brasília tem algo no ar que corrói todo bom princípio existente na alma da pessoa. Cada movimento que eles fazem é inócuo, mas o custo econômico é sempre alto. Será que nenhum deles tem compaixão com o povo que sofre cada golpe que eles dão?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro