Moraes autoriza PF a acessar investigação do Facebook

Ministro permitiu a coleta de provas para fortalecer dois inquéritos conduzidos pela Corte: dos supostos atos antidemocráticos e das fake news
-Publicidade-
O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes | Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL
O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes | Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL | O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes | Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL

Ministro permitiu a coleta de provas para fortalecer dois inquéritos conduzidos pela Corte: dos supostos atos antidemocráticos e das fake news

moraes
O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes | Foto: FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL
-Publicidade-

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes autorizou ontem que a Polícia Federal tenha acesso aos dados coletados na investigação feita pelo Facebook.

A empresa de mídia desativou, em 8 de julho deste ano, 88 contas de apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Além disso, esses perfis estariam a serviço da família presidencial para divulgar fake news.

Quer saber sobre as despesas do Supremo? Leia a reportagem “O dossiê completo dos gastos do STF”

Em síntese, a decisão de Moraes permite o garimpo de provas para dois inquéritos conduzidos pelo STF: o dos supostos atos antidemocráticos contra a Corte e o Congresso Nacional e o das tais notícias falsas.

Conforme noticiou Oeste, juristas garantem: o STF não tem o direito de fazer uma investigação criminal. “Salta aos olhos o fato de, a um só tempo, o ministro ser vítima, acusador e julgador”, observou a deputada estadual Janaína Paschoal.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. “Salta aos olhos o fato de, a um só tempo, o ministro ser vítima, acusador e julgador”, observou a deputada estadual Janaína Paschoal.
    Então por que os Srs. permitem???
    Ao povo cabE espernear, gritar; aos Srs. CABE AÇÃO!

  2. A INTEGRIDADE MORAL DA PF sendo ARRANHADA com esta investigação, pena que PARTE da instituição seja dominada pelo PSDB.
    Por que o DG está SEGURANDO AS INVESTIGAÇÕES CONTRA O DORIA??? É de conhecimento público que Aras aceitou 5 denúncias contra ele, o que está acontecendo na PF? SERGIO SAIU MAS CONTINUA MANDANDO NA PF. QUE VERGONHA!!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.