-Publicidade-

Moraes retira do ar redes sociais de Daniel Silveira

Facebook, Instagram e Twitter já cumpriram a decisão
Página bloqueada no Facebook
Página bloqueada no Facebook | Foto: Reprodução/Facebook

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinou nesta sexta-feira, 19, a retirada do ar dos perfis do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) nas redes sociais. Silveira está preso por ordem do magistrado desde a última terça-feira.

Os perfis no Instagram, Facebook e Twitter já estão indisponíveis. No Instagram, a página do deputado aparece como “perfil restrito”. No Facebook, uma mensagem diz: “esta página não está disponível”. No Twitter, está escrito: “Conta foi retida no Brasil em resposta a uma demanda legal”.

Leia mais: “Para explicar inviolabilidade, senador quer convidar Moraes”

Antes da suspensão do Twitter, uma publicação do parlamentar, assinada por sua assessoria, confirmou o fechamento de dois perfis: “Confirmado: Instagram e Facebook do deputado Daniel Silveira foram CENSURADOS”, diz o texto.

Moraes argumentou que Silveira continuou publicando ofensas à Corte e seus ministros mesmo preso.  A decisão foi tomada depois que foram apreendidos dois celulares na sala onde o parlamentar estava, na Superintendência da Polícia Federal do Rio de Janeiro.

Os perfis foram suspensos, e não excluídos, o que na prática significa que podem ser reativados.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês