Movimento por reajuste no BC garante adesão de 1,2 mil servidores, informa sindicato

Funcionários da autoridade monetária dão sinais de que vão cruzar os braços até conseguir o que querem
-Publicidade-
Um analista do BC, carreira de especialista, entra com salário de R$ 19 mil
Um analista do BC, carreira de especialista, entra com salário de R$ 19 mil | Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

O movimento por reajuste no Banco Central (BC) conseguiu o apoio de 1,2 mil funcionários nesta terça-feira, 4. É o que informou Fábio Faiad, presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal).

Conforme o Sinal, servidores sem cargos comissionados ou previstos para substituição já aderiram à iniciativa — mais de um terço do total de servidores na ativa (3,5 mil) —, comprometendo-se a não assumir funções de comissão.

Em linhas gerais, o movimento critica o reajuste previsto apenas para policiais em 2022, que consta no novo Orçamento — um analista do BC, carreira de especialista, entra com salário de R$ 19 mil e pode chegar a R$ 27 mil.

-Publicidade-

“A ideia é falar que não temos condições de administrar o BC com essa situação de reajuste só para a Polícia Federal e não para o BC”, declarou Faiad, em entrevista publicada hoje pelo jornal O Estado de S. Paulo.

A articulação do movimento por reajuste no BC

Na segunda-feira 3, rodou no BC uma lista virtual para entrega de cargos comissionados e comprometimento dos substitutos de não assumirem as funções — mil funcionários (500 em cargos de chefia e outros 500 substitutos).

A entidade prevê divulgar um balanço com as adesões até o fim desta semana. O Sinal informou ainda que vai aderir às paralisações nacionais aprovadas pelo Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado, no dia 18.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.