MP-SP quer inviabilizar volta às aulas em escolas particulares

Escolas vão exigir de alunos, professores e funcionários, entre outras coisas, a apresentação de um exame de covid com resultado negativo
-Publicidade-
O Ministério Público praticamente inviabilizou a volta às aulas presenciais
O Ministério Público praticamente inviabilizou a volta às aulas presenciais | Foto: Reprodução/Redes sociais

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) intimou os principais colégios particulares do Estado a cumprir novas medidas restritivas contra o coronavírus. De acordo com o MP-SP, em inquérito civil instaurado na segunda-feira 31, as escolas terão de exigir dos alunos, professores e funcionários a apresentação de um exame de covid-19 com resultado negativo. As pessoas que se recusarem a cumprir a determinação serão afastadas por dez dias.

Segundo o MP-SP, a direção dos colégios deverá reduzir o número de turmas a um porcentual em que seja possível fazer o controle sanitário dos alunos. O órgão estabelece ainda que as carteiras escolares mantenham o distanciamento de, no mínimo, 1 metro. A manutenção das atividades presenciais está condicionada ao cumprimento das determinações.

Para assegurar a execução das medidas, o MP-SP solicita que Secretaria Estadual de Educação autorize a suspensão das aulas.

-Publicidade-

O MP-SP também determina a realização de um controle rigoroso sobre a vacinação de crianças e adolescentes. Os pais ou responsáveis terão de enviar a cópia da carteira de vacinação para as escolas, que deverão fazer o acompanhamento e comunicar o Ministério Público acerca de eventual falta de imunização ou recusa de prestação de informações.

Para justificar a onda de medidas restritivas, o MP-SP cita o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que em seu Artigo 14 determina a obrigatoriedade da vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias. Porém, Anvisa e Ministério da Saúde até agora apenas recomendam o uso no público infantil — sem estabelecer a obrigatoriedade. Além disso, a vacina contra a covid-19 não consta no Plano Nacional de Imunização (PNI).

Em síntese, as determinações do MP-SP praticamente inviabilizam a volta das aulas presenciais. De acordo com os diretores de escolas particulares consultados por Oeste, as medidas representam um retrocesso para crianças e adolescentes, que desenvolveram uma série de problemas não só educacionais, mas também emocionais, em razão da pandemia e do isolamento social.

Leia mais: “Se pudesse voltar no tempo, jamais teria fechado as escolas”, entrevista com Rossieli Soares publicada na Edição 69 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

44 comentários Ver comentários

  1. Vamos parar de falar e agir,vamos seguir o exemplo do Canadá, só o Brasil está dormindo, dia08 de fevereiro na Paulista contra o passaporte sanitário, se não fizermos alguma agora, será tarde!

  2. O patrulhamento da população está se instalando de maneira insidiosa.
    Desde quando MP e juristas em geral se arvoram em autoridades médicas e ditam ordens? Eles mal entendem de leis (pois às descumprem) e agora são autoridades em saúde pública?
    Vamos ao exemplo do Canadá, não se aguenta mais.

  3. Bem, 3 doses de vacina depois o MP-SP deveria apresentar um estudo sério, longitudinal, com uma amostragem grande de crianças que tirasse todas as dúvidas sobre a segurança das vacinas e, além disso, anexar estudos que demonstrem de forma clara a eficácia dessas medidas propostas.

  4. Então , quão malefícios já causaram as crianças com o fechamento das escolas ??? Danos irreversíveis , incalculáveis e irrecuperaveis , futuro comprometídissimo marcado a ferro e fogo . Agora , como se não bastassem , as crianças torna-se alvos novamente destes tiranetes disfarçados de M.P , políticos governadores prefeitos juízes… que sem qualquer conhecimento de causa no campo vacinal mas , dizendo respeitar a “Siencia” rasgam a C.F , os tratados de Relsink e Nurenberg e destroem o conceito de liberdade sem excitar um segundo . Usando da força de coerção intimidam e ameaçam os pais .Querem nossas crianças como cobaias para terapia gênica em que muitos insistem em chamar de “vacinas” produto liberado em caráter
    emergêncial/experimental com fases pré e pós clínicas suprimidas , acordos sigilosos ,
    isenção de responsabilidades , efeitos colaterais subnotificados , efeitos intergeracionais…. Acorda brasileiros , acorda Brasil, acorda antes que não seja mais possível reverter 🙏

  5. não estou aqui fazendo qualquer tipo de apologia mas estamos diante de uma histeria, uma ditadura judicial onde os pais e responsáveis estão sofrendo o poder de império do estado sem o devido embasamento legal e técnico. Quando o estado usa de uma força que não foi atribuída a ele pela lei é Ditadura.

  6. MP-SP DESgoverno Doriana, querendo empurrar goela abaixo dos paulistanos essas vacinas que comprou a preço de …. ninguém sabe pq é mantido sob sigilo 🤔 esses ditadorzinhos de araque do judiciário precisam ser colocados nos seus lugares o quanto antes!

  7. Antes as farmacêuticas só patrocinavam os médicos… pelo visto agora, também estão direcionando seus “patrocínios” para os órgãos da justiça… RIDÍCULO.

  8. Santo Deus, quanta burrice! Se houvesse um vírus que matasse só cretinos e idiotas mais da metade da humanidade seria eliminada. Como é isso? Pra que? Vão fazer testes todos os dias? testar assintomáticos? As crianças e adultos circulam por todo lugar todos os dias e só não poderão ir às escolas por que? Querem fabricar mais burros para o estoque?

  9. O MP é a ferramenta atual mais usada pelos sindicatos esquerdalhas pra parasita ganhar sem trabalhar e foda-se o dono da escola, os pais e os alunos.
    O MP é o empregadinho dos esquerdopatas.

    1. Há anos que esses vagabundos crescem com suas barbaries. A canalha esquerdopata em ação. MP é um dos braços do psdbpsololulopetismo.

  10. O mp paulista acordou de uma longa hibernação desde o início da pandemia e acordou pra fazer merda. Nada viu enquanto direitos fundamentais eram desrespeitados, nada viu enquanto hospitais de campanha vazios consumiam os tubos do erário; agora quer brincar de autoridade sanitária ignorando leis e realidades como o fato dos testes de Covid 19 não serem precisos e que as vacinam não imunizam ninguém.

  11. Nem os testes para COVID são confiáveis. O CDC já admitiu que pessoas assintomáticas não deveriam ser testadas dado o alto índice de falsos positivos. Isso é de uma violência sem tamanho. Que essas ordens estúpidas sejam descumpridas e o MP SP fique desmoralizado. Importante frisar que a instituição não tem vontade própria, logo, queremos saber o nome de quem assinou essa medida. Deverá ser responsabilizado por qualquer óbito ou sequela decorrente da ” vacina” imposta a quem decidiu acatar .

  12. Caramba, o ministério público( com minúsculas) ressurgiu?
    Ah, mas não é para defender os cidadãos, que pena, É para atrapalhar e perseguir.

  13. Quando o MP-SP rasga a Constituição, a quem recorremos, o STF? (piada pronta, infelizmente)
    Direito de ir e vir: ainda faz parte da Constituição?
    Direto dos PAIS assegurar a segurança dos filhos foi revogado pelo Estado DEMOCRÁTICO DA CHINA, ops, brasileiro?
    Vacinação contra Covid-19 não faz parte do PNI, portanto, não é obrigatória.
    Gostei da sugestão do leitor Bruno: colocar na conta pessoal (bancária e responsabilidade civil e criminal) dos promotores do MP-SP.

  14. Onde estão os Desembargadores de São Paulo para nos defender desses abusos??

    MP-SP aparelhado pelo Joao Agripino. Fica cada vez mais óbvio!!!

  15. O virolgista e imunologista Robert Malone, que foi um dos principais contribuintes para a tecnologia de vacinas de mRNA, emitiu um forte alerta para aqueles que desejam vacinar seus filhos contra o COVID-19.

    “Um gene viral injetado nas células de seus filhos vai forçar o corpo do seu filho produzir proteínas tóxicas. Essas proteínas geralmente causam danos permanentes em órgãos críticos das crianças, incluindo cérebro e sistema nervoso, coração e vasos sanguíneos, incluindo coágulos sanguíneos, sistema reprodutivo, e esta vacina pode desencadear mudanças fundamentais em seu sistema imunológico”.

    “A vacinação obrigatória é ilegal com base no Código de Nuremberg, nos Acordos de Helsinque e no Relatório Belmont. São produtos ainda não aprovados que só estão disponíveis por meio de uma licença de emergência… São produtos não aprovados que estão sendo impostos às crianças e apresentam riscos. E a mídia – por meio de sua censura – e a grande tecnologia impedem que você seja capaz de se educar sobre esses riscos para que você possa fazer uma escolha informada para seus filhos. Aos meus olhos, isso é um grande crime.”

    Ok! Já é consenso entre os “negacionistas” que para a mídia indolente, para os políticos oportunistas e tiranos, sem esquecer dos cientistas, dando uma de João sem braço , Dr. Malone é negacionista.

  16. Outro absurdo do MP. Estão agindo com autoritarismo, ignorando a realidade dos fatos e prejudicando os alunos de forma irreversível. Outra ação política e desproporcional. Sugiro a esses tiranos que se orientem pela ciência antes de tomarem medidas desse tipo.

    1. Ordens que desrespeitam a Constituição não devem serem cumpridas e os proprietários das escolas precisam estarem unidos nesta luta, os brasileiros precisam imitar os canadenses e outros povos de vários países que estão nas ruas protestando contra estas arbitrariedades. Simples assim

  17. Esse tipo de abuso só se realiza se encontrar respaldo na sociedade. Como que pessoas que estão saudáveis vão se sujeitar a fazer testes sem necessidade? A pandemia chegou onde chegou por ter encontrado uma geração vergonhosamente covarde. Espero que os pais metam o pé na porta e não admitam essa coisa porca. Caso aceitem, não adianta reclamar no futuro.

  18. Absurdo! Uma vergonha tudo isso. E se as crianças pegaram covid e se recuperaram, como várias que conheço? Ainda assim precisam de vacina e teste? Que desserviço aos pais, às escolas e às próprias crianças, que já ficaram 1 ano e meio em aulas online aprendendo nada!

  19. O Ministério público por todo o Brasil é um câncer, não passa do um órgão político ideológico, não cumpre sua função constitucional e ainda por cima atrapalha a recuperação econômica do país.

  20. O caso que esses debilóides do MPSP estão querendo impor é que todos, sem exceção, estejam ou não com o famigerado passaporte sanitário, terão que fazer o tal do teste de covid.
    1 – Quem vai pagar por esses testes?
    2 – Se a criança estiver positiva, faz o que com ela? Não irá assistir às aulas? O MPSP
    assumirá essa responsabilidade? Eles pagarão pelos os alunos que estiverem
    proibidos por eles de frequentarem as aulas? Pois quando as mensalidades
    vencerem, os pais terão que pagar de qualquer maneira.
    3 – Esses vagabundos ainda insistem que essas vacinas EXPERIMENTAIS são
    obrigatórias. Eles terão que provar isso daí. Se não provarem, terão que assumir as
    mensalidades dos alunos que estarão impedidos por eles de frequentarem as aulas.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.