O dilema de Kassab

PSD quer Alckmin na vice de Lula, mas Kassab sonha mesmo é com o Palácio dos Bandeirantes
-Publicidade-
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil | Gilberto Kassab, dono do PSD

Gilberto Kassab afirmou nesta terça-feira, em meio a uma verdadeira “Torre de Babel” que virou o xadrez eleitoral depois do abraço de Lula e Geraldo Alckmin, que o seu PSD não pretende fazer o vice do petista. Disse isso para não melindrar o presidente do Senado, o letárgico Rodrigo Pacheco (MG), que alguns colunistas da mídia mainstream chamaram de novo Tancredo Neves — e ele acreditou. A chance de Pacheco viabilizar uma candidatura minimamente competitiva é nula. Já a chance de Kassab instalar o PSD na vice de Lula é real.

Contudo, para que um casamento entre PT e PSD vingue, é preciso sanar uma equação complicada que se chama Palácio dos Bandeirantes, a sede do governo mais rico do país, com um PIB de fazer inveja à Argentina. O PT sonha com a cadeira de governador desde a sua fundação. Kassab, que não entra em negócio para perder, tem ciência disso e entende que Alckmin seria o nome ideal para a disputa. Por enquanto, nem um nem outro estão dispostos a ceder — até porque é cedo.

De um lado, Alckmin não parece disposto a administrar o Estado pela quinta vez — algo como assistir ao reprise de um campeonato de futebol antigo. Ele deixou o PSDB à francesa sonhando em se mudar para Brasília. Do outro, Kassab não teria outra opção para São Paulo sem ele como moeda eleitoral.

-Publicidade-

Nessa ciranda, ainda apareceu o PSB, com quem Alckmin namora discretamente desde a chapa com Márcio França — este também pré-candidato em solo paulista. O PSB também poderia compor com o PT de Lula e Fernando Haddad, mas aí o jogo passa pela esfera da vaidade.

O nó a ser desatado parece estar nas mãos de Kassab. Problema? Não. Ele vive disso.

 

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.