‘O legado do governo Dilma é o retrocesso’, afirma Damares Alves

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos não poupou críticas à ex-presidente da República
-Publicidade-
Damares Alves foi entrevistada pelo programa <i>Os Pingos nos Is</i>, da rádio Jovem Pan
Damares Alves foi entrevistada pelo programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse nesta segunda-feira, 8, que o governo da ex-presidente Dilma Rousseff legou ao Brasil apenas retrocessos. A declaração da ministra foi feita durante entrevista concedida ao programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan. “Foi um governo cheio de problemas. Nós tivemos retrocessos na economia, na área social. Este foi o legado que ela [Dilma] deixou: retrocesso.” Ainda no mesmo programa, em que foi entrevistada por Augusto Nunes e Guilherme Fiuza, colunistas da Revista Oeste, Damares Alves destacou a Operação Resguardo, que apura crimes relacionados à violência contra a mulher. “A operação começou em 1º de janeiro e foi deflagrada hoje. Ao todo, nós prendemos 10.235 criminosos; instauramos 67 mil inquéritos; fizemos 77 mil visitas e diligências; e estabelecemos 61 mil medidas protetivas”, informou a ministra. “Só hoje 1.548 agressores de mulheres foram presos”, concluiu. No total, 18,9 mil policiais foram às ruas para realizar a Operação Resguardo. As prisões ocorreram no cumprimento de mandados e em flagrante.

Leia também: “Desemprego é ‘violência dolorosa’ contra a mulher, diz Damares Alves”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.