Onyx Lorenzoni pede exoneração e volta à Câmara para cuidar de emendas parlamentares

Ele deve retornar ao cargo de ministro do Trabalho e Previdência em breve
-Publicidade-
Deputado Onyx Lorenzoni | Foto: José Dias/PR
Deputado Onyx Lorenzoni | Foto: José Dias/PR

O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, pediu exoneração nesta quinta-feira, 11, segundo a sua assessoria, para “cuidar das emendas de deputado federal”. Ele está no governo Bolsonaro desde o início, mas também é deputado federal licenciado.

A licença é temporária e em breve ele retornará ao cargo de ministro. As emendas parlamentares são recursos que os congressistas destinam para as suas bases eleitorais. A exoneração de Lorenzoni foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

-Publicidade-

“Para acabar com a especulação repetida: saí hoje do ministério para resolver questões do orçamento para o próximo ano, atendendo ao meu compromisso com o Rio Grande do Sul como deputado federal. Já já estou de volta”, escreveu, nas redes sociais.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.