Pacheco: democracia não se faz sem o ‘absoluto respeito’ ao Judiciário

Na semana passada, em Salvador, o presidente do Senado também saiu em defesa do Poder Judiciário
-Publicidade-
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco | Foto: Reprodução/Conselho da Justiça Federal
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco | Foto: Reprodução/Conselho da Justiça Federal

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), saiu novamente em defesa do Poder Judiciário nesta quinta-feira, 19. Em evento no Conselho da Justiça Federal, em Brasília, ele disse que o compromisso com a democracia não se faz “sem o absoluto respeito ao Poder Judiciário”.

“Sempre quero deixar claro o nosso compromisso com a democracia, com o Estado de Direito e esse compromisso, definitivamente, não se faz sem o absoluto respeito ao Poder Judiciário e é o que aqui eu gostaria de externar”, disse hoje.

-Publicidade-

Na semana passada, em Salvador, durante o Congresso Brasileiro de Magistrados, o senador já havia afirmado ser “inimaginável” pensar que a esta altura seja necessário “defender o Poder Judiciário de ataques absolutamente sem fundamento algum”.

“Falo no alto da cadeira de presidente do Senado e do Congresso Nacional que eu respeito o Poder Judiciário do meu país”, disse Pacheco na ocasião. Ele declarou ainda que “o Poder Judiciário tem cumprido o seu papel para bem não só do Judiciário, mas da sociedade brasileira.”

Bolsonaro aciona STF e PGR contra Moraes

Na última terça-feira 17, o presidente Jair Bolsonaro apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma notícia-crime contra o ministro Alexandre de Moraes, pedindo que o magistrado fosse investigado por abuso de autoridade. Um dia depois, o relator do caso, ministro Dias Toffoli, rejeitou o pedido.

O presidente da República, então, ingressou com outra representação, de mesmo teor, na Procuradoria-Geral da República (PGR), que ainda não se posicionou sobre o caso.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

16 comentários Ver comentários

  1. O seu compromisso canalha é com o dinheiro, a vergonha dos Mineiros, não faz uso
    da ética e honestidade como Presidente do senado, um pau mandado do STF, servil covarde, não merece ser respeitado, se houvesse naquela casa senadores com
    com compromissos claros, este traste não estaria mais presidente.

  2. A comparação entre o Boneco de Olinda, pachequinho, e o batráquio que o antecedeu- “alcoolamb”, está na mesma razão do penico e a merda, vive versa, reciprocamente.

  3. O pachequim tem que respeitar o judiciário, esse antro de canalhas, porque defende seus interesses. Pachequim o seu retorno é garantido, demora mas não falha. Pachequim você não passa de mais um canalha nessa política corrupta e traiçoeira.

    1. Será que ele sabe o que é democracia? Que o poder emana do povo pelo voto e esse será respeitado,nosso sistema é presidencialismo cujo presidente foi eleito por maioria e será reeleito por maioria,se não tiver golpe nas urnas.Quem é o guardião da constituição? E quem mais atropela a constituição? E o STF agora protegido pelo presidente do congressos Sr Pacheco junto com o mais processado do senado Renan Calheiros uma quadrilha contra o eleito pelo povo por maioria o nosso Presidente.

  4. Zero pessoas esperavam um comunicado diferente desse cidadão. Segue a linha sucessória de ex presidentes do senado e da Câmara, ou seja mais um vagabubdo sem escrúpulos. Vai ser varrido p o ostracismo como os demais não temos dúvida.

  5. Traduzindo a fala do boneco de Olinda: supremo, eu já estou de 4 com as calças arriadas,podem enfiar tudo que em troca de salvar a minha pele eu faço qualquer coisa. Sujeitinho nojento.

  6. Se esse morto tivesse vergonha na cara elle deveria corrigir sua frase para “o compromisso com a democracia não se faz sem o absoluto respeito AO POVO!”

    1. . Mas ele esta no alto da cadeira do senado, qto mais alto o tombo é maior. Sua moral esta mais baixa que puleiro de pato, seus dias estão contado minhoca Pacheco.

  7. Senhor Rodrigo Pacheco? Você,logicamente, não fala do nosso judiciário,é?
    Judiciário que merece respeito,precisa respeitar os outros.
    Sua carreira política,ajudada por Bolsonaro,seu idiota, está com os dias contados.Voce é contra o presidente,consequentemente,contra o povo pacífico e decente brasileiro.

  8. Que país é esse!? A qualidade de nossos homens no poder é de uma indigência absurda. Aonde vamos chegar? Aonde chegamos? Um país se faz de quem o lidera, mas o rebotalho invadiu as posiçoes de força. Onde fica o túnel? A luz então…

  9. Rodrigo Pacheco é o Rodrigo Maia travestido de cinismo, hipocrisia. A qualquer momento, conjuntamente com o PT, lança um MANIFESTO em defesa da democracia.

  10. Será que é só o judiciário que tem que ser respeitado ? E os outros poderes ? Merecem também o respeito do judiciário ? Parece que o Sr. acha que o judiciário é o bonitão da bala chita !!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.