Revista Oeste - Eleições 2022

Pacheco e Lira pedem solução diplomática para conflito no Leste Europeu

Presidente do Senado disse que a atual crise 'têm potencial de impactos político, econômico e social difíceis mesmo de imaginar'
-Publicidade-
Presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e presidente da Câmara, Arthur Lira | Foto: Pedro Gontijo/Senado Federal
Presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e presidente da Câmara, Arthur Lira | Foto: Pedro Gontijo/Senado Federal

Os presidentes das duas Casas do Legislativo brasileiro decidiram se pronunciar nesta quinta-feira, 24, sobre a invasão russa à Ucrânia. Eles fizeram um apelo para que a situação seja resolvida por meio da diplomacia.

O presidente do Senado e do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), em nota oficial, expressou sua inquietação com “o agravamento do conflito” e reafirmou a crença na democracia e em uma solução diplomática para o conflito.

-Publicidade-

Ele disse que a magnitude da atual crise e sua rápida deterioração “têm potencial de impactos político, econômico e social difíceis mesmo de imaginar”.

“Consoante a política externa brasileira, que historicamente tem-se orientado pela busca da paz e pela solução negociada dos conflitos internacionais, como presidente do Congresso Nacional e, em nome de meus pares, reafirmamos a necessidade de um diálogo amplo, pacífico e democrático com vistas a uma rápida solução negociada que contemple os legítimos interesses das partes envolvidas”, escreveu.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), também defendeu a via da diplomacia para solucionar o conflito entre Rússia e Ucrânia. Pela redes sociais, Lira se posicionou contra a guerra.

“O mundo já enfrenta o luto de milhões de perdas da pandemia de covid-19. À medida que voltamos à normalidade, assistimos uma escalada sem precedentes entre Rússia e Ucrânia. Neste momento, precisamos de paz, entendimento e que as duas nações busquem os caminhos diplomáticos”, escreveu.

Em nota oficial, a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado classificou o conflito como “fato de extrema gravidade” que atenta contra a soberania de um país.

O texto, assinado por Kátia Abreu (PP-TO), presidente do colegiado, avalia que as ações militares da Rússia violam “princípios fundamentais da Carta da ONU e do direito internacional” e põem em risco a vida de cidadãos inocentes.

Segundo a parlamentar, o Brasil, especialmente pela sua representação no Conselho de Segurança das Nações Unidas, deve buscar a cessação dos ataques e a resolução pacífica do conflito.

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara também repudiou o ataque russo. O presidente do colegiado, Aécio Neves (PSDB-MG), emitiu uma nota.

“Os bombardeios russos contra a Ucrânia, país soberano que conquistou sua Independência em 1991, viola as regras e normas internacionais e deve ser fortemente condenado pelas instâncias multilaterais e os governos democráticos.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

11 comentários Ver comentários

  1. A guerra agora vai estar por um fio, graças à interferência diplomática dos nossos ilustres parlamentares. Eles só não conseguem resolver as pendências de “por-aqui.”

  2. Como o Brasil se tornou isso? Olhem para a cara desses dois sujeitos, não servem para nada, dois inúteis querendo falar sobre o que não fazem ideia para parecer “fofo” … Outubro tá aí, tá na hora de chutar a bunda de todos esses inúteis da vida pública …

    1. Infelizmente o pachequim ainda tem vida longa no senado. A batata dele tá assando!
      Bem que poderia se candidatar à vice presidência de alguém. Aí é derrota certa do candidato.
      No caso de vice do lula seria uma boa desculpa pro ladrão, pois o cara nem precisa sair nas ruas, já tem ampla vantagem!!! mas perderia duplamente.

  3. KKKK Putin já deve ter ouvido muito sobre essa corja! Não vai nem dormir mais de tanto medo! kkkk E cadê as amebas do STF para fazerem coro, elas não têm o poder universal? kkk

    1. Kkk… Boa, Amaury! Igual à piada do leão e do gatinho de apartamento, Putin vai perguntar se algum desses valentes oradores soltam pelos…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.