Polícia Federal intima Sônia Guajajara por ataques a Bolsonaro

Indígena ligada à esquerda brasileira é acusada de fazer acusações difamatórias ao governo federal
-Publicidade-
Sônia Guajajara foi candidata à Vice-Presidência da República nas eleições de 2018
Sônia Guajajara foi candidata à Vice-Presidência da República nas eleições de 2018 | Foto: Reprodução/Flickr

A Polícia Federal intimou a indígena Sônia Guajajara, coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), em inquérito sobre difamação aberto a pedido da Fundação Nacional do Índio (Funai). O órgão acusa a ativista e a entidade de fazerem acusações difamatórias ao governo federal durante a série Maracá, exibida em 2020.

“Essa intimação da Polícia Federal mostra que o governo quer deslegitimar a luta dos nossos povos pela vida. Isso é patético e criminoso. O governo é quem tem de responder por todos seus atos e por sua omissão e negligência durante a pandemia”, esbravejou a candidata à Vice-Presidência da República nas eleições de 2018 pelo Psol.

De acordo com a Apib, a intimação evidencia que “o governo federal tenta criminalizar o movimento indígena em um ato de perseguição política e racista”.

-Publicidade-

Leia também: “A europeus, Grupo de Agricultores Indígenas rebate Sônia Guajajara”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

19 comentários Ver comentários

  1. Gente ruim …. é isso, …..só pensa em autopromoção e se esconde, ou se utiliza de sua condição de indigena para fazer toda a sorte de declarações estapafúrdias, se arvorando no direito de denegrir a imagem das instituições como o único objetivo de se locupletar, ….. Essa auto vitimização indígena utilizada por alguns maus elementos apenas conta contra toda a população e coloca as pessoas contra os reais anseios e necessidades dos membros honestos e decentes da comunidade….. São sujeitos mentindo, fazendo marketing, e tomando dinheiro dentro e fora do país para seus interesses pessoais sempre com essa desculpa de cuidar dos interesses da comunidade indígena…. Triste país aonde imperam demagogos e hipócritas egoístas e mesquinhos….

  2. Que tipo de gado imbercil vive a comentar com histeria nessa revista que se Diz imparcial e tudo que o governo Bostonaro faz é comentado como positivo. Persegue todo o contrário ao governo federal que todo político é ladrão, nenhuma corte presta quando decide ao contrário do Bostonaro, só presta o autocrata do Messias. Que tipo.de democracia que só quer ouvir elogio,só aqui que se tem esse gado bovino. Trump já teve a resposta nas urnas. Não vejo nenhuma matéria sobre as rachadinhas, peculato. Corruptos são todos que desviam dinheiro, desde de collor, até os filhos do papai. Esses tipo de corrupção é tolerado. O Renân não o jair, o Calheiros, será o Eduardo Cunha, CPI da covid. O Eduardo cheio de processo criminal e presidiu a câmara. E a agora o Renân cheios de processo vaí ser o relator da covid. Nada como uma eleição após a outra. Vamos aos 500.000. Mortes e o rebanho aplaude. E os 14.000.000. Milhões de desempregados. Vamos aplaudir.

    1. Na boa você é um energúmeno. A matéria mostra uma Índia totalmente coptada pela esquerda e que não representa nada realmente dos que os brasileiros índios desejam, que na verdade é uma vida digna podendo usufruir das terras de maneira produtiva, utilizando as riquesas naturais de maneira sustentável, podendo agricultar etc. Muitos índios acabam perambulando por centros urbanos porque vivem ma miséria em suas próprias terras. Me mostre um país no mundo em que os índios ainda vivem da maneira que viviam no passado, sem contato com a civilização. Simplesmente não existe, sono Brasil querem impor isso por interesses escusos em suas riquezas e em usar os índios como ativistas ambientais. Acorda!!!!

    2. Washington Oliveira
      30 ABR 2021 ÀS 21:59.. seu jumentóide dos infernos! vem aqui e grunhir seus pensamentos confusos e confundidos e suas meias verdades, velhas mentiras de esquerdióta vigarista e débil mental! Gado e o c.. da tua mãe!

      1. Liberlive, vc é tão insignificante e sem escrúpulo, quem não respeita a mãe alheia, imagine a sua própria mãe.Vc que usa pseudônimo de robôzinho dos thuthuco do carluxo. Vc não passa de um ruminante de pasto raso. Aceite que seu Bostonaro, foi o maior propagador de desinformação e anticiencia no Brasil. Espero que ele, o Bostonaro, não tenha perdido nenhum eleitor desta terrível doença maldita. E deixe de mimimi. Engraçado a direção do veículo não censura ofensas. Cu de mãe vale-tudo. Só pode elogiar o governo genocida. Mais de 400.000 mil vidas. Espero que sua mãe ainda esteja viva. A esqueço que vc é robô. Vc tem programador.

    3. Com um pouco de raciocínio, não falarias tantas besteiras.
      Essa mortes, estão contabilizada pela esquerda e por vc que apoia ela!!!! Por vc que com a sua ignorância ajuda o país cair em mãos comunistas. Antipatriota como vc, como o Supremo, que fazem o inimaginável para sustentar seus tentáculos vermelhos. São responsáveis por toda corrupção descarada, todo o desemprego e toda as mortes desse país. Com um pouco mais de caráter devias te envergonhar de levantar uma bandeira que causa ruínas ao país e ir morar em Cuba.

    4. Washington Oliveira você só entrou aqui para ofender os eleitores da Revista Oeste, se não, vamos aos fatos, pela aparência da para ver que ela realmente é Índia, quanto ao enfeite, usado na cabeça, nunca em tempo algum os índios brasileiros utilizaram este tipo de enfeite, realmente é uma fantasia, grotesca, copiada de filmes faroeste americano. Digo com propriedade, porque além de ser bisneto de uma Índia, meu pai era funcionário da FUNAI e durante minha infância e adolescência conviví com os índios Terenos e Cajueus em Mato Grosso do Sul. Pelo seu texto parece que você é da geração Paulo Freire….

    1. Para a gente ver até onde os tentáculos da esquerda atinge. Está praticamente em todos os locais. O catolicismo é um dos grandes fundadores desse caos. Na época do descobrimento fez até índio rezar. Agora virou de lado e tem maquiagem comunista – o vilão é aquele que quer a não interferência do estado na economia – o bonzinho é o que quer um estão poderoso, com capacidade de “dar” dinheiro para os pobres e controlar a tudo e a todos. Afinal, para a igreja, vale uma coisa pela outra porque nada tem a ver com a realidade (só com o pós vida). Então que Sônia Guajajara que reze um terço inteiro como prova de fé e de que aprendeu a lição religiosa ao invés de ser apenas mais uma das porcarias correndo atrás do dinheiro que a corrupção provê.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.