Procuradoria abre inquérito para investigar suspeita de propina de US$ 1 por vacina

Ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias fala em ‘desmascarar a mentira criada por Luiz Dominguetti’
-Publicidade-
Roberto Dias 'comemorou' a abertura de inquérito
Roberto Dias 'comemorou' a abertura de inquérito | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

A Procuradoria da República no Distrito Federal determinou a abertura de inquérito civil para apurar o suposto pedido de propina por parte de Roberto Ferreira Dias, ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, para a aquisição de vacinas contra a covid-19.

Em portaria publicada nesta sexta-feira, 23, no Diário Oficial da União, a procuradora da República Melina Castro Montoya Flores avaliou que há elementos para a abertura formal de investigação, sendo necessário aprofundar o caso com diligências.

Roberto Dias

-Publicidade-

O ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde afirmou que a abertura de inquérito civil pela Procuradoria da República no Distrito Federal foi recebida como “uma oportunidade ímpar para esclarecer os fatos, oportunizando a manifestação de todos envolvidos para desmascarar a mentira criada por Luiz Dominguetti”.

Leia também: “Fabricante da Covaxin, Bharat Biotech rescinde contrato com Precisa”

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro