‘Quem quer eleição suja é o ministro Barroso’, diz Bolsonaro

Presidente também falou sobre Lula: 'Querem dar a direção do Brasil para um corrupto, cachaceiro, que arrebentou as estatais e loteava tudo'
-Publicidade-
Jair Bolsonaro voltou a criticar o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso
Jair Bolsonaro voltou a criticar o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso | Foto: Alan Santos/PR

Em conversa com apoiadores ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã desta segunda-feira, 2, Jair Bolsonaro voltou a criticar o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, e a defender o voto verificável para as eleições do ano que vem.

“Quem quer eleição suja e não democrática é o ministro Barroso. Esse cara se intitula como [quem] não pode ser criticado”, afirmou Bolsonaro, em declarações transmitidas por meio de suas redes sociais.

Leia mais: “Bolsonaro participa de ‘motociata’ a favor do governo”

-Publicidade-

“O Barroso ajuda a botar o cara [Lula] para fora da cadeia, torna elegível… E o Barroso vai contar os votos dele lá? Qual a consequência disso?”, disse o presidente.

Ainda sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que pode ser seu adversário nas eleições de 2022, Bolsonaro afirmou que o governo petista fazia “tudo” para permanecer no poder.

J.R. Guzzo: “Nível raso”

“Querem dar a direção do Brasil para um corrupto, cachaceiro, que arrebentou as estatais, loteava tudo aqui e vendeu até a mãe para ficar no poder, aparelhou tudo… Querem fazer que nem a Argentina?”, indagou. “Se as eleições tiverem problema, dizem ‘recorra à Justiça’. Qual Justiça? O Supremo, que colocou o Lula para fora e o tornou elegível?”, afirmou o presidente da República.

Leia também: “‘O povo brasileiro não confia no atual sistema’ de votação, diz Filipe Barros”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

16 comentários

  1. Discordo do Guzzo
    Se ele fizesse como o psdjosta estaria de joelhos para o Luladrão
    Tem que bater forte nos ministros petebas do SSTF e no Partido da Trapaça

  2. O povo tem que ficar com o presidente, pois a hora é agora, depois que a fraude ocorrer, já era. o Brasil será Comunismo, Cubanismo, Argentinismo, Venezuelismo, a soma de tudo isso. Pior, não tem para onde correr, como está acontecendo com o povo da Venezuela e Argentina para o Brasil. O certo seria um país só apoiar refugiados de outro país se o problema fosse natural, tipo terremoto, maremoto, vulcão, mas problema de tirania de governo, não deveria aceitar. As pessoas saem correndo pelas fronteiras e os tiranos ficam comendo caviar e fumando charuto.

  3. Bolsonaro tem sido duro em suas críticas, mas não há como negar que ele tem razão. Sua preocupação é legítima e é a de todos os brasileiros, provavelmente, da maioria, como se viu ontem nas ruas. Só há democracia quando as eleições são consideradas confiáveis pelos eleitores. Se o sistema eleitoral é uma caixa-preta controlada por um pequeno punhado de pessoas sem nomes, os eleitores são apenas gado eleitoral, como nos “paraísos” comunistas. O plano da trapaça foi montado e está em pelna execução. Bolsonaro o descreveu bem. E sobre o ministro Barroso, se ele não queria ser atacado, não deveria ter deixado a “toga suprema” na cadeira e entrado em campo para fazer lobby político. Agora está sujeito a tomate e ovo na cara. E dê-se por privilegiado, porque Bolsonaro, por exemplo, recebeu até facada.

  4. Mister Guzzo, DATA MAXIMA VENIA, o povo é razzo (sorry) e esta é a linguagem que ele entende. Como disse um poeta: “Escrever com louvaminhas
    Não é minha profissão.
    Tirar unhas ao leão,
    Para pô-las nas galinhas,
    Outros o façam, que eu não”.

  5. O Bolsonaro tem razão, utilizaram um crime de roubo de mensagens dos membros da lava jato, para colocar Lula fora da cadeia, e ainda, depois de 3 instâncias o condenar vieram com o malabarismo da competência da jurisdição (quem tinha competência para julgar o caso), e colocaram o Lula de novo elegível, desprezando totalmente a constituição e o povo Brasileiro. A verdade seja dita, o desespero da esquerda contra o voto auditável hoje tem motivo, eles querem estabelecer no Brasil o regime semipresidencialista, já sinalizado semana passada por Lyra e amplamente apoiado pelo STF, essa meta é para 2023, mas para isso precisam controlar quem vai ser eleito ano que vem para o congresso (deputados e senadores), se eles conseguirem isso o congresso irá decidir quem irá ser o presidente do Brasil dali p frente. Então com um candidato (lula), chamando todos os fogos para ele na disputa, poderá surgir uma terceira via apoiada por todos (velha mídia, congresso e STF) que nas pesquisas vai surpreender e será eleito, e mudará o sistema de governo, e assim a esquerda tomará o poder no Brasil novamente. Na minha opinião o Lula é “boi de Piranha”, está no jogo para atrair os fogos inimigos.

    1. Isso é plausível. Lula, de fato, é um zero a esquerda, mas há o simbolismo que pode ser explorado. O estridente silêncio das lideranças petistas (e da extrema esquerda em geral) em relação aos efervescentes debates nacionais deste momento, indica que seus planos vão de vento em popa, o que não é o caso da pré-candidatura inflada do ex-corrupto, ex-tri-condenado e ex-presidiário favorito do STF.

    1. O ex-juiz e ex-ministro pediu pra sair dos dois cargos. Abandonou a magistratura visando o combate a corrupção e o controle da PF, que até hoje interfere. Abandonou o governo em plena pandemia com 70% de aprovação, achando que ia derrubar o governo com denúncia FALSA. LASCOU-SE!!
      SERGIO, VIROU UM BLOGUEIRO “ANTA” E CONSPIRADOR NOS BASTIDORES, COM SEUS AMIGOS TUCANOS DA PF.

      1. SERGIO, quis tomar o PODER A FORÇA e não pelo voto. Tem método!!

  6. Prezado Guzzo. Leio vc já muito tempo. Tenho o maior respeito por suas análises e sia caneta. Porém, vc anda com amnésia? Só vou lhe relatar dias coisas no início deste governo no qual vc deveria se pautar. 1° O presidente pretendia devolver o dinheiro das sobras de campanha. O STF interviu. 1° O presidente ia nomear gente sua no executivo. O ramagem. Não o fez. Foi aceito de bom grado a de isso do STF. Tem centenas mais. E vc escreve pano de estopa dos dois lados?
    Realmente a decepção com a imprensa é geral.

  7. Infelizmente temos um STF paralelo no Brasil comandado pela Rede Globo e PT. Por uma entrevistinha na Globo o Barroso faz qualquer coisa. Esses atuais ministros do STF são marionetes da Rede Globo. Parte da Câmara e Senado também.

  8. Se não passar o voto impresso, o Bolsonaro tem de arrumar um jeito de cuidar das urnas também. Troque todos técnico do TSE e coloque os engenheiros do ITA e do Exercito. Suspende todos atuais , exige mudança. Ai vamos ver.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro