Rogério Marinho é o candidato do PL à presidência do Senado

Parlamentar terá a missão de pautar eventuais pedidos de impeachment dos ministros do STF
-Publicidade-
Marinho é um dos responsáveis pela aprovação da reforma da Previdência
Marinho é um dos responsáveis pela aprovação da reforma da Previdência | Foto: Marcos Corrêa/Presidência

O senador eleito Rogério Marinho (PL-RN) é o nome escolhido pelo Partido Liberal para disputar a presidência do Senado em 2023. O parlamentar terá a missão de representar a maioria conservadora no Congresso, eleita com o apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Pautar eventuais pedidos de impeachment dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) é uma das bandeiras que devem movimentar a disputa pelo Senado. E Marinho tem as qualidades necessárias para lidar com os avanços da Suprema Corte, segundo o PL.

A informação foi confirmada pelo senador eleito Jorge Seif (PL-SC) nesta segunda-feira, 28, em entrevista ao programa Oeste Sem Filtro, exibido diariamente no canal do YouTube da Revista Oeste. “Dentro do partido, temos praticamente uma unanimidade”, disse o ex-secretário da Aquicultura, Pecuária e Abastecimento, ao explicar que a decisão deve ser sacramentada em breve. “É uma pessoa pública de respeito, liderou a reforma da Previdência e venceu as eleições em um Estado que é extremamente de esquerda.”

-Publicidade-

Ex-secretário especial da Previdência de 2019 a 2020 e ministro do Desenvolvimento Regional entre 2020 e 2022, Marinho foi um dos principais responsáveis pela aprovação da reforma trabalhista, em 2017, durante o governo de Michel Temer (MDB). Na época, o avanço da reforma surpreendeu até mesmo os governistas. Ele também teve papel fundamental na aprovação da reforma da Previdência, em 2019. “O texto não seria aprovado se não fosse Marinho”, reconheceu o ministro da Economia, Paulo Guedes, em coletiva de imprensa realizada naquele ano.

Ministros na mira da lei

A insatisfação com os ministros do Supremo é comum aos senadores que assumirão o mandato na nova legislatura. Cleitinho Azevedo (PSC-MG), escolhido por 4,2 milhões de mineiros nas eleições deste ano, é um dos insatisfeitos. Em entrevista à Revista Oeste, ele disse que pretende trabalhar pelo impeachment dos magistrados que praticarem ilegalidades.

“Muitos senadores eleitos concorreram ao Senado para tentar pautar o impeachment de ministros do STF”, observou Cleitinho. “Uma CPI da Lava Toga também seria interessante. Estamos ouvindo o clamor popular. Se os senadores perderem a oportunidade de assinar o impeachment de ministros do Supremo, a população irá se frustrar. Todos ficarão decepcionados.”

O parlamentar diz que o avanço de eventual CPI dependerá da escolha do presidente do Senado. “Ele é o responsável por dar sequência ao processo de impeachment”, explicou, ao afirmar que não tentará ocupar cargo. “Não teria votos. Precisamos ter humildade. A única coisa que pedirei aos colegas é: se tiverem a oportunidade, pautem o impeachment de ministros do Supremo. Se quiserem meu apoio e meu voto, terão de se comprometer com essa ideia. Não podemos aceitar ‘engavetamento’ de pedidos de impeachment. Isso é covardia.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

22 comentários Ver comentários

  1. ENTENDO QUE, ANTES DE MAIS NADA, É IMPRESCINDÍVEL QUE TANTO A CÂMARA,
    COMO O SENADO, TENHAM NOVOS REGIMENTOS INTERNOS, A FIM DE SE EVITAR
    DECISÕES MONOCRÁTICAS, QUE DÃO AOS SEUS PRESIDENTES PODERES QUE
    NÃO DEVEM TER, POIS NÃO TÊM O DIREITO DE DECIDIREM SOZINHOS OS PLEITOS DO POVO. OS CIDADÃOS CONTRIBUINTES MERECEM MAIS RESPEITO, NÃO
    SÃO MANÉS, COMO ALGUNS DESLUMBRADOS. O POVO PAGA POR DECISÕES COLEGIADAS E NÃO INDIVIDUAIS!

  2. Precisamos ter pessoas no Senado, na Câmara Federal, que possam realmente lutar pelo interesse maior, do povo. Isto é democracia, “todo o poder emana do povo”. Nossas reivindicações são simples, o brasileiro em sua maioria, não compactua mais com corrupção, conchavo, “jeitinho”. Estamos fartos de ter na governança, palhaços vestidos de “paizinhos”, populistas corruptos que aproveitam a ignorância de pessoas, para dar “esmola”, ao invés de dar emprego. Por isso, apesar de minha frustração com o resultado das eleições, tenho muita fé, nesse “novo Senado e Câmara”. Acredito muito nesses políticos que foram eleitos… Talvez, tenha sido a última vez….

  3. Parece ser um bom nome mas, estou como São Tomé, só ver para crer, em se tratando de membros do Legislativo. Já do Judiciário eu já tenho certeza absoluta e nem é preciso dizer o que se acha deles.

  4. Pacheco e Lira já negociam com o PT a suas respectivas reconduções às presidências do senado e câmara. Eles em troca farão de tudo para passar a PEC arromba teto com o transbordamento de 200 bilhões ao ano. Nesse pacote está com certeza um acerto com o esseteefe para barrar qualquer tentativa de CPI na câmara contra os doutos juízes e de impeachment pelo senado de qualquer dos ministros do STF. Apesar de ter se tornado um partido grande, ainda assim o PL não fará cócegas quando se juntam partidos de esquerda, centro esquerda, centro fisiológico, esseteefe com sua lista de políticos pendurados e Lula e seu foro de São Paulo com recursos infindáveis advindos de 14 anos de corrupção. Rogério Marinho não terá qualquer chance.

  5. Certamente será se a, farsa for desbancada!
    Se não for, Rodrigo Pacheco será reeleito e mesmo assim o sistema, com 200 bi por antecipação, dará as costas pro congresso.
    A ditadura do proletariado será a farsa doravante. Salve-se quem puder.
    Os congressistas entreguistas se “fartaram!!!”

    1. o zé buchecha , vc sabia que de cada 3 esquerdista 1 é tao imbecis quanto aos outros 2 , ainda esperando a PICAnha do lulu ? , ja deu alcool pra ele ? , fazoéli

  6. Duvido que esse senador fará isso, ele é político das antigas, do sistema que se beneficia das vantagens oferecidas! Não é nem um pouco confiável!

    1. Engano seu , Paulo ele não é das antigas.
      Precisa é de apoio pois sozinho ninguém consegue .
      Então vamos juntos e conseguiremos!!
      Cleitinho Azevedo está com o povo brasileiro

  7. Já aceitamos a derrota?? Com fraude e tudo mais?? Vocês acham que esses canalhas vão sair do poder em.2026 com.uma supostamente eleição do capitão??? Acreditam em papai Noel?? Em saci pererê??? Vocês estão malucos?? Que insanidade é essa de achar que depois que o barba assumir ele é os “cumpanheiros” irão deixar o poder?? Acorda pra vida porra!!

  8. Tomara mesmo senhor que o senado a partir de 2023 seja de fato um senado atuante, onde não tenha os senadores de joelho para esses bandidos do STF!!!

  9. Pergunta -se : Qual é o perfil da nova composição do Senado? Teria esta composição número suficiente para promover um impeachment de Ministro do STF?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.