‘Salles e Pazuello ficam’, garante Bolsonaro

Em live, presidente defendeu a política ambiental do governo e as medidas que objetivam relaxar o isolamento social
-Publicidade-
Os ministros Ricardo Salles, do Meio Ambiente, e da Saúde, Eduardo Pazuello | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Os ministros Ricardo Salles, do Meio Ambiente, e da Saúde, Eduardo Pazuello | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL | Os ministros Ricardo Salles, do Meio Ambiente, e da Saúde, Eduardo Pazuello | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Em live, presidente defendeu a política ambiental do governo e as medidas que objetivam relaxar o isolamento social

salles
Os ministros Ricardo Salles, do Meio Ambiente, e da Saúde, Eduardo Pazuello | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
-Publicidade-

O presidente Jair Bolsonaro garantiu ontem, em live divulgada nas redes sociais, que os ministros Eduardo Pazuello (Saúde) e Ricardo Salles (Meio Ambiente) continuam no governo. A fala é uma reação às críticas e pressões que os titulares das pastas têm recebido de membros da esquerda e do Supremo Tribunal Federal. Além disso, conforme veiculou Oeste, o Executivo voltou a defender a gestão ambiental do governo federal e o relaxamento das medidas de isolamento social. Portanto, para a retomada da economia.

Leia também: Brasil está pronto para iniciar a regularização fundiária

“Salles fica, Pazuello fica, sem problema nenhum. São dois excepcionais ministros”, afirmou o presidente. Segundo ele, o que não pode ficar é a política de sufocamento da economia, com as atuais medidas. Ainda, o presidente observa que há países da Europa que compõem uma “seita ambiental”. Assim sendo, o grupo ataca o Brasil de forma injusta. Entre outras medidas, Bolsonaro mencionou um projeto enviado por ele ao Congresso Nacional. A medida abre crédito para financiamento de operação de combate ao desmatamento.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Minha campanha pela Dra Nise Yamagushi assumir o MS e Pazuello voltar pra função anterior. Os dois juntos podem fazer muito mais pelo Brasil! A Dra Nise conhece o SUS e já foi gestora em S. Paulo, denunciando a esquerdalha corrupta… talvez por isso a resistência do Doria e muitos outros contra ela.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.