-Publicidade-

Carla Zambelli tentou convencer Moro a ficar com vaga no STF

Em mensagens trocadas pelo Whatsapp com o ex-ministro, Carla Zambelli se compromete a falar com Bolsonaro caso Moro não se demitisse 
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em mensagens trocadas pelo WhatsApp com o ex-ministro, deputada federal bolsonarista se compromete a falar com presidente caso ex-ministro não se demita

Foto: Reprodução

Em reportagem mostrada no Jornal Nacional, da TV Globo, na noite desta sexta-fera, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro usou mensagens trocadas com a deputada federal bolsonarista Carla Zambelli (PSL-SP) para provar que não tentou negociar o cargo de Maurício Valeixo na Polícia Federal por uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

Nas mensagens enviadas pelo ex-juiz-federal, Carla demonstra desespero ao perceber que Moro está decidido a deixar o governo caso Bolsonaro insista na demissão de seu indicado. Ela pede que Moro aceite o nome de Alexandre Ramagem, o preferido de Carlos Bolsonaro para ocupar a vaga. Moro se mostra inflexível, e ela, então, apela, dizendo que, se aceitar, ela promete convencer “JB” (iniciais de Jair Bolsonaro) a lhe dar uma vaga no STF em setembro.

O então ministro responde: “Prezada, não estou à venda”. Carla ainda insiste, diz saber que, se há alguém no país que não se vende, é ele, mas que, caso Moro saia, “milhões de brasileiros vão se desfazer”.

Procurada para comentar as mensagens, a deputada não quis se manifestar.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

12 comentários

  1. Ainda vamos ver muitos desdobramentos! Opinar, agora, só para experts. Amadores, nem pensar! Mas, ao fim e ao cabo, votamos em Bolsonaro para afastar o esquerdismo/comunismo. Ponto!

    1. Poucos retardados votaram em Bolsonaro pela sua erudicao, inteligencia, preparo e tanto menos capacidade, ate pq o sujeito carece de maneira abismal de todas essas qualidades … o Brasil votou nele em peso exclusivamente pelo Guedes, Moro e Pontes

      1. Meu deus pelo visto vc é mais tapado do que a descrição que vez do Bolsonaro. O Moro nem era cogitado para ser ministro,

      2. Se fosse um filme em que o cara que foi escolhido pelo Presidente para um cargo de grande importância e em coluio com o maior inimigo do Presidente gravasse conversas para derrubar o Presidente eu diria esse cara é o vilão.

      3. Larga de idiotice. Moro foi escolhido depois…
        Veja quantos seguidores cada um tem e verás a força do JB

      4. Moro não fez campanha pro Bolsonaro. Pontes foi escolhido depois. Só Guedes participou. Vai mentir lá no Antagonista mané !

  2. Ela pede que Moro aceite o nome de Alexandre Ramagem, o preferido de “Carlos Bolsonaro”
    Como assim?
    O preferido de Carlos Bolsonaro?
    Carlos Bolsonaro?
    E de lascar!

  3. A conversa foi iniciativa de Carla Zambelli, porque Moro é padrinho de casamento dela e ela no intuito de ajudar, se dispôs a falar com o Presidente. Moro se mostrou mau caráter ao expor conversa entre amigos. Nunca pensei que fosse me decepcionar tanto com uma pessoa que julgava superior.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês