Olavo: Sleeping Giants promove ‘chantagem financeira’

Escritor reclamou do movimento virtual anônimo
-Publicidade-
Olavo de Carvalho durante participação em Os Pingos nos Is | Foto: Reprodução/Jovem Pan/YouTube
Olavo de Carvalho durante participação em Os Pingos nos Is | Foto: Reprodução/Jovem Pan/YouTube | olavo de carvalho x sleeping giants

Escritor reclamou do movimento virtual anônimo

olavo de carvalho x sleeping giants
Olavo de Carvalho durante participação em Os Pingos nos Is | Foto: Reprodução/Jovem Pan/YouTube

O professor e escritor Olavo de Carvalho analisou a atividade do Sleeping Giants Brasil. Um dos alvos favoritos do movimento digital, ele classificou o projeto como “chantagem financeira”. A afirmação foi feita na noite desta sexta-feira, 13, em entrevista à rádio Jovem Pan.

-Publicidade-
  • Mais sobre o Sleeping Giants Brasil:

“Sleeping Giants ataca novamente”
“O alinhamento ideológico do Twitter no Brasil”
“Milícia anônima persegue anunciantes para tentar fechar a Gazeta do Povo

Para Olavo, a ação promovida pelo Sleeping Giants Brasil mostra que seus criadores não são abertos ao diálogo e aos valores democráticos. “Não são capazes de me enfrentar no pensamento”, declarou ao participar da edição de hoje de Os Pingos nos Is. Durante o programa, ele respondeu a perguntas feitas por Ana Paula Henkel e Guilherme Fiuza, colunistas da Revista Oeste.

Na mira do movimento digital, Olavo destacou não se importar muito com o resultado parcial da campanha idealizada contra ele. Pelo Twitter, o SGB tem feito empresas vetarem anúncios no canal do professor no YouTube. “Vou morrer logo, já fiz a minha vida como escritor”, comentou. A ação de “ódio do bem” culminou até na decisão do PayPal de bloquear a conta de Olavo em sua plataforma — por onde ele comercializava cursos on-line.

Quem está por trás dos militantes virtuais?

No ar desde maio, o Sleeping Giants Brasil segue a atuação de forma anônima. Apesar de decisão determinando a divulgação dos dados dos administradores do perfil no Twitter, a  identidade deles segue sob sigilo. Outro alvo do movimento, o jornal Gazeta do Povo desvendou, em reportagem publicada hoje, a ligação da ONG Nossas.org com o movimento virtual. A organização é liderada por Alessandra Orofino. Ela trabalha com os youtubers Gregório Duvivier e Felipe Neto e já foi colunista do jornal Folha de S.Paulo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. A entrevista foi muito boa. Ele falou algumas verdades, principalmente em relação a direita no Brasil, sempre com seu jeito peculiar d ser. O sleeping giants é um site criminoso e já nasceu assim, se no marco da internet não pode existir anonimato, pq o MP não apura? Será pq em grande parte do ministério público a ideologia esquerdista predomina. Em outra ponta vemos as empresas q são submetidas ao crime d chantagem e constrangimento ilegal. Será q na verdade elas só precisavam d uma desculpa p adotar a postura imposta pelo site d checagem? Exemplo a natura, abriu uma loja na China, será q ser contra a direita não facilitaria a vida da empresa em um país comunista? Acho muito estranho empresários experientes com todo o seu suporte jurídico preferirem se submeter as ordens do sleeping giants, ao invés d denunciar o crime a polícia e processar os criminosos, está mais p conivência.

    1. Fácil agir como esses covardes, que se escondem para atacar, com a conivência interesseira do Twitter. Revelem-se, sejam ao menos dignos! Ou essa palavra só cabe no discursinho de lacração, hein??? Tenham vergonha na cara, pusilanimes de merda!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.