‘Supremo da Venezuela’, diz Jefferson sobre mandado de prisão

O ministro do STF Alexandre de Moraes mandou prender o presidente do PTB por suposta participação em 'milícias digitais'
-Publicidade-
Moraes conduz inquérito inconstitucional no STF
Moraes conduz inquérito inconstitucional no STF | Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, comentou o mandado de prisão expedido contra ele pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. “Ele está repetindo os mesmos atos da Corte da Venezuela, prendendo os conservadores para entronizar os comunistas”, escreveu Jefferson, no Twitter, nesta sexta-feira, 13.

“O STF virou um tribunal de exceção, diz defesa de Daniel Silveira”

Conforme noticiou a Revista Oeste, o ex-deputado foi preso por suposto envolvimento em “milícias digitais”. Ele está enquadrado em um inquérito inconstitucional conduzido por Moraes, no STF. Há três semanas, Jefferson teceu duras críticas à atuação dos juízes da Corte, no programa Direto ao Ponto, da rádio Jovem Pan.

-Publicidade-

“Ditadura cubana premia com ‘cesta básica’ boxeador que ganhou medalha de ouro em competição”

Entre outros pontos, debitou na conta dos magistrados do STF a insegurança jurídica em vigor no Brasil. “Essa bagunça institucional quem fez foi o Supremo”, declarou, na ocasião.

Leia também: “A ditadura velada do Judiciário”, reportagem publicada na Edição 66 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro