Twitter censura publicação de Guilherme Fiuza

Na mensagem, o colunista de Oeste critica a obrigatoriedade da vacina contra a covid-19
-Publicidade-
Guilherme Fiuza foi censurado pelo Twitter
Guilherme Fiuza foi censurado pelo Twitter | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O Twitter censurou nesta sexta-feira, 27, uma publicação do jornalista Guilherme Fiuza sobre a obrigatoriedade da vacina contra a covid-19.

Na mensagem, o colunista de Oeste critica o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que decidiu obrigar a população do município a apresentar um comprovante de vacinação para conseguir acessar academias, estádios, ginásios e pontos turísticos.

O Twitter classificou como “enganoso” o conteúdo escrito pelo jornalista. Por causa dessa medida, a publicação não pode ser respondida, compartilhada ou curtida. De acordo com a mídia social, “as autoridades de saúde recomendam a vacina para a maioria das pessoas”.

Leia também: “A Justiça contra a liberdade”, reportagem de Cristyan Costa e Silvio Navarro publicada na Edição 74 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.