Vereador do RJ é baleado em ação com disparos de fuzil

Político diz ter sido alvo de tentativa de atentado
-Publicidade-
Zico Bacana, vereador do Rio de Janeiro e candidato à reeleição em 2020 | Foto: Divulgação/Facebook
Zico Bacana, vereador do Rio de Janeiro e candidato à reeleição em 2020 | Foto: Divulgação/Facebook | zico bacana - podemos - vereador do rio de janeiro - fuzil

Político do Podemos, Zico Bacana diz ter sido alvo de tentativa de atentado

zico bacana - podemos - vereador do rio de janeiro - fuzil
Zico Bacana, vereador do Rio de Janeiro e candidato à reeleição em 2020
Foto: Divulgação/Facebook
-Publicidade-

Por pouco a semana não começa com mais um político entrando para as estatísticas de assassinados durante o período eleitoral brasileiro. Na noite de segunda-feira 2, o carro de José Tavares Barbosa foi atingido por 15 disparos de fuzil na Zona Norte do Rio de Janeiro. Mais conhecido por Zico Bacana, ele é vereador carioca e tenta se reeleger pelo Podemos no pleito deste ano.

Leia também: “Mais um candidato a vereador é assassinado no Brasil”

Pelo Facebook, a equipe de comunicação de Zico Bacana denunciou que ele foi alvo de tentativa de atentado, mas avisou que o vereador não corre risco de vida. Em foto divulgada no início da madrugada desta terça-feira, 3, o político aparece em pé, fazendo sinal de positivo e com a cabeça enfaixada, que se explica pelo fato de ela ter sido atingida de raspão. Na imagem, é possível perceber que o candidato  está em frente a um hospital, com a presença de duas viaturas da polícia.

“Foi realmente tentativa de homicídio”

“O que aconteceu foi realmente tentativa de homicídio. Não posso dizer de onde veio, da forma que aconteceu. Foi muito rápido. Vários disparos foram efetuados”, disse Zico Bacana em entrevista à TV Globo. Os disparos citados pelo vereador foram de fuzil, avisam os responsáveis pela investigação do caso. O crime ocorreu no bairro carioca de Marechal Hermes. Além do integrante do Podemos, duas pessoas ficaram feridas e outras duas acabaram morrendo. A identidade das vítimas ainda não foi divulgada pelas autoridades.

Carreira política

Segundo lembra o Estadão Conteúdo, Zico Bacana chegou a ser mencionado na chamada CPI das Milícias, apresentada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), em 2008. Policial militar, ele disputará em 2020 sua quarta eleição. Anteriormente, saiu derrotado das urnas em 2008 e 2012, quando tentou se tornar vereador e deputado federal, respectivamente. Em 2016, pelo PHS, foi eleito para ser vereador do Rio de Janeiro, função para a qual tenta se reeleger pelo Podemos na eleição deste ano.

Mais: “Políticos conseguem ressuscitar pessoas — ao menos para doações de campanha”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comments

  1. Sinceramente, o que estão esperando pra pelo menos saírem com colete a prova de balas? Ainda pensam que não acontecerá nada? Ou será que tem mesmo esse desejo desghraçado de bater as botas pra cair fora daqui sem ser responsabilizado pela covardia que demostrou? OTÁRIO!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site