Vice de Lira se declara de oposição e fala em impeachment de Bolsonaro

Número dois no comando da Câmara dos Deputados não gostou das críticas do presidente ao aumento do fundo eleitoral
-Publicidade-
O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Depois das críticas de Bolsonaro ao aumento do fundo eleitoral, o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), prometeu articular-se pela queda do Palácio do Planalto. O parlamentar entende como “prerrogativa do Congresso” injetar mais recursos em campanhas, apesar da pandemia de coronavírus e da agenda de reformas.

Ramos pediu cópia dos 126 pedidos de impeachment de Bolsonaro, com a finalidade de “estudar se há viabilidade política” dos casos, segundo reportagem da CNN Brasil, publicada na segunda-feira 19. Conforme noticiou a Revista Oeste, congressistas querem mais dinheiro para as eleições de 2022: dos atuais R$ 2 bilhões, para R$ 6 bilhões.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site