Agronegócio também engata apoio ao isolamento vertical

“Idosos e grupos de risco em casa. Atividades essenciais ao trabalho”, defende o empresário Maurício Tonhá, criador do maior leilão bovino mundial
-Publicidade-
Foto: Estância Bahia/Divulgação
Foto: Estância Bahia/Divulgação
Foto: Estância Bahia/Divulgação

Na agropecuária, o apoio por medidas de retomada gradual da economia não é diferente. Criador do maior leilão bovino mundial, o Megaleilão, o empresário Maurício Tonhá se posicionou. Junto a empresários do país inteiro, articula um movimento para apoiar a decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em defender o isolamento vertical.

Em folder virtual disparado pelas redes sociais e grupos de WhatsApp, defende a bandeira “o agro não para!”. “A Estância Bahia Leilões apoia o presidente Jair Bolsonaro e o governador Mauro Mendes (Mato Grosso) nas medidas de preservação da saúde pública e da economia brasileira”, diz um trecho. “Idosos e grupos de risco em casa. Atividades essenciais ao trabalho”, informa outro. 

-Publicidade-

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Precisamos de mais cidadãos empenhados pelo País, como esse Senhor. Se deixarmos nas mãos das grandes redes de televisão o País já era.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.