Banco Mundial rejeita pedido de El Salvador para ajudar a implementar bitcoin

País aprovou o ativo digital como moeda corrente em 8 de junho
-Publicidade-
<i>Bitcoin</i>: meta para implementar criptomoeda em El Salvador pode ser prejudicada
Bitcoin: meta para implementar criptomoeda em El Salvador pode ser prejudicada | Foto: Divulgação/Unsplash

O Banco Mundial rejeitou o pedido do governo de El Salvador para ajudar o país da América Central a implementar o bitcoin como moeda corrente, o que pode prejudicar o objetivo do governo de fazer com que a criptomoeda seja aceita em toda a nação num prazo de três meses. Como noticiado por Oeste, El Salvador foi o primeiro país a votar a favor da adoção do ativo digital como moeda corrente, ao lado do dólar americano, sua moeda oficial.

Leia também: “El Salvador torna-se o primeiro país a aprovar bitcoin como moeda legal”

O ministro das Finanças, Alejandro Zelaya, afirmou no início da quarta-feira 16 que o governo havia solicitado ao Banco Mundial uma “assistência técnica” na implementação da criptomoeda. Um porta-voz do Banco Mundial confirmou o fato à agência Reuters, mas disse que não poderia ajudar diretamente, “dadas as deficiências ambientais e de transparência” do ativo digital. “Estamos comprometidos em ajudar El Salvador de diversas maneiras, inclusive para a transparência da moeda e processos regulatórios”, afirmou o porta-voz.

-Publicidade-

Zelaya afirmou que funcionários do governo também conversaram com o Fundo Monetário Internacional, que ele disse “não ser contra” os planos do país. Um porta-voz da instituição disse na semana passada que “a adoção do bitcoin como moeda corrente levanta uma série de questões macroeconômicas, financeiras e jurídicas que requerem uma análise muito cuidadosa”.

Leia também: “Repressão da China gera ‘migração mineradora’ de bitcoin para o Texas”

Com informações do portal Axios

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site