Soja, milho e cana puxam valor da produção agrícola nacional

Dez culturas concentraram 86% do valor total gerado pela atividade no último ano
-Publicidade-
Com valor gerado, milho passou para a segunda colocação do PAM, pela primeira vez desde 2008 | Fonte: Gov. MT
Com valor gerado, milho passou para a segunda colocação do PAM, pela primeira vez desde 2008 | Fonte: Gov. MT

O valor da produção agrícola do Brasil bateu novo recorde no último ano e atingiu R$ 470 bilhões, 30% a mais em relação ao ano anterior (R$ 361 bilhões). O resultado é recorde e foi sustentado pelo crescimento de 5% da produção de grãos, que também alcançou patamar histórico de 255 milhões de toneladas. As informações são do levantamento de Produção Agrícola Municipal (PAM) 2020, divulgado nesta quarta-feira, 22, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“O novo mapa do agro brasileiro”, publicado na Edição 41 da Revista Oeste

Em destaque, 10 culturas concentraram 86% do valor total gerado pela atividade agrícola. A liderança segue mantida pela soja, principal grão produzido e exportado pelo Brasil. A cultura cresceu 35% no último ano, e totalizou R$ 169 bilhões. Já o milho, passou para a segunda colocação pela primeira vez desde 2008. Com isto, ficou à frente da cana-de-açúcar, terceira colocada.

-Publicidade-

Acompanhe o ranking de culturas do PAM 2020: 

1º — Soja, com R$ 169 bilhões
2º — Milho, com R$ 73 bilhões
3º — Cana-de-açúcar, com R$ 63 bilhões
4º — Café, com R$ 27 bilhões
5º — Algodão, com R$ 19 bilhões
6º — Arroz, com R$ 11 bilhões
7º — Laranja, com R$ 10 bilhões
8º — Mandioca, com R$ 10 bilhões
9º — Feijão, com R$ 10 bilhões
10º — Banana, com R$ 8 bilhões

“Júlio Cesar Busato: ‘Só vejo tempos bons para a agricultura’”, primeiro capítulo da série A Voz do Agro publicado na Edição 76 da Revista Oeste.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.