Anvisa reduz prazo de análise para aprovar estudos de vacinas

Período foi diminuído em 60 dias
-Publicidade-
Estudos para a criação de vacinas duravam 180 dias
Estudos para a criação de vacinas duravam 180 dias | Foto: Miguel Noronha/Agência F8/Estadão Conteúdo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) diminuiu o prazo para análise de pedido de estudos que avaliam a produção de novas vacinas. Publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 3, a resolução altera o período de 180 dias para 120 dias. A regra deve valer até 120 dias depois do fim da emergência de saúde pública, criada para o combate da pandemia. A contagem do tempo tem início depois da entrega do primeiro Dossiê Específico de Ensaio Clínico — que é o primeiro documento entregue ao órgão descrevendo as etapas da pesquisa.

As normas dos medicamentos são menos rígidas. Esses produtos podem ser trazidos de outros países desde que sejam aprovados por ao menos uma agência reconhecida pela Anvisa.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.