Barros vai ao STF contra quebra de sigilo decretada pela CPI da Covid

Advogados do líder do governo na Câmara criticam vazamento de informações pela comissão
-Publicidade-
O deputado Ricardo Barros, líder do governo no Senado, é alvo da CPI da Covid
O deputado Ricardo Barros, líder do governo no Senado, é alvo da CPI da Covid | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar reverter a quebra de seus sigilos telefônico, telemático, bancário e fiscal determinada pela CPI da Covid. O mandado de segurança será apreciado pela ministra Cármen Lúcia.

Mais cedo, como informou Oeste, a comissão parlamentar aprovou a quebra dos sigilos do parlamentar e também de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro. A medida foi tomada um dia depois de Barros ter sido incluído na lista de investigados pela comissão, em decisão do relator do colegiado, Renan Calheiros (MDB-AL).

Leia mais: “CPI da Covid quebra sigilo fiscal de Ricardo Barros e Frederick Wassef”

-Publicidade-

Ao STF, a defesa de Barros alega que “não existe qualquer fundamentação idônea” que justifique a quebra do sigilo do deputado. Os advogados criticam ainda o vazamento de informações pela CPI e repudiam a “quebra absoluta do sigilo para o público em geral, especialmente para a imprensa”

Leia também: “Líder do governo na Câmara é incluído em lista de investigados pela CPI”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários

  1. O absurdo na história, é o vazamento. Exatamente estes vazamentos foram usados pelos advogados de Lula para invalidar sentenças, provas, etc. e livrá-lo e agora, a questão me parece exatamente a mesma: investigam, mas vazam. Agora não é ilegal, então???

  2. O absurdo do uso do um instrumento especialíssimo como se fosse água de batata. Enquanto isso o sigilo dos advogados do Adélio, continuam intransponíveis.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro