Depois de comemorar a vitória de Covas, Doria proíbe comemorações

Governador de São Paulo muda de ideia em menos de 24 horas 
-Publicidade-
Governador de São Paulo, João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo
Governador de São Paulo, João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo

Governador de São Paulo muda de ideia em menos de 24 horas

Doria
Governador de São Paulo, João Doria | Foto: Governo do Estado de São Paulo

Na segunda-feira 30, João Doria afirmou que proibiria as festas e comemorações — públicas e privadas — de fim de ano no Estado, incluindo o réveillon. Se a decisão fosse tomada um dia antes, o governador de São Paulo não poderia ter participado das comemorações pela vitória de Bruno Covas para a prefeitura da cidade.

-Publicidade-

Leia também: “A não comemoração de João Doria”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.