‘Dia D’ contra a covid-19 será realizado em 3 de outubro

Ministério da Saúde prepara investida contra a doença com abertura de Unidades Básicas de Saúde no sábado para orientar população.
-Publicidade-
O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, planeja o Dia 'D' contra a covid-19 | Foto: Caroline Antunes/PR
O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, planeja o Dia 'D' contra a covid-19 | Foto: Caroline Antunes/PR | dia d, covid-19, ministério da saúde, eduardo pazuello, jair bolsonaro

Ministério da Saúde prepara investida contra a doença com abertura de Unidades Básicas de Saúde no sábado para orientar população

dia d, covid-19, ministério da saúde, eduardo pazuello, jair bolsonaro
O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, planeja o “Dia D” contra a covid-19
Foto: Caroline Antunes/PR

O Ministério da Saúde prepara para 3 de outubro o Dia “D” contra a covid-19 no Brasil. Na data, as Unidades Básicas de Saúde de todo o país permanecerão abertas principalmente para esclarecer a população sobre o coronavírus.

-Publicidade-

“É um esforço nacional que o SUS [Sistema Único de Saúde] está fazendo para divulgar melhores práticas, para que possamos salvar mais vidas”, afirmou o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello. “Até hoje você encontra cartazes dizendo: está com covid, fique em casa até ter falta de ar.”

O ministério ainda planeja a ação, que deve contar com um pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro em rede nacional no dia 2.

Especula-se que haja a distribuição de kits com hidroxicloroquina para doentes que apresentem apenas sintomas leves da covid-19, como orienta a pasta, mas isso ainda não foi definido.

Ontem, quinta-feira 24, o Brasil ultrapassou a marca de 4 milhões de recuperados e a média móvel semanal de mortes no país em 21 de setembro estava em 752 por dia. E caindo.

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. ESTÁ MAIS DO QUE NA HORA DE TOMAR AS RÉDIAS DA SAÚDE!! Gostei da ousadia e da coragem pra encarar toda a MILITÂNCIA CONTRÁRIA AO TRATAMENTO PRECOCE, que limita a repetir o mantra: “SEM COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA”.

  2. É necessário que o governo faça a distribuição do protocolo para os pacientes com primeiros sintomas, pois, não se consegue a Hdc e Azitromicina, sem a prescrição médica; e o SUS, continua não prescrevendo e mandando voltar, somente quando tiver com falta de ar!! Aí, pode ser tarde.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.