Governo de SP adia volta às aulas para 7 de outubro

No entanto, cidades na fase amarela por mais de 28 dias poderão optar por retomar atividades a partir de 8 de setembro.
-Publicidade-
Volta às aulas oficial foi adiada para 5 de outubro, mas cidades na fase amarela há mais de 28 dias podem reabrir em 8 de setembro | Foto: Feliphe Schiarolli/Unsplash
Volta às aulas oficial foi adiada para 5 de outubro, mas cidades na fase amarela há mais de 28 dias podem reabrir em 8 de setembro | Foto: Feliphe Schiarolli/Unsplash | escolas, sp, joão doria, bruno covas, governo do estado de são paulo

No entanto, cidades na fase amarela por mais de 28 dias poderão optar por retomar atividades a partir de 8 de setembro

escolas, sp, joão doria, bruno covas, governo do estado de são paulo
Volta às aulas oficial foi adiada para 7 de outubro, mas cidades na fase amarela há mais de 28 dias podem reabrir em 8 de setembro | Foto: Feliphe Schiarolli/Unsplash
-Publicidade-

O governo do Estado de São Paulo vai adiar a volta às aulas para o dia 7 de outubro, já que, segundo o Plano São Paulo de retomada econômica, apenas quando todas as regiões estivessem na fase amarela por pelo menos 28 dias, as escolas seriam autorizadas a retornar.

Contudo, para não prejudicar principalmente as instituições particulares, que vêm recebendo pressão dos pais pela retomada, a gestão de João Doria modificará o critério e permitirá que cidades que já estejam na fase amarela por mais de 28 dias possam optar por voltar a receber alunos em 8 de setembro.

Isso coloca a decisão nas mãos dos municípios e dos diretores escolares.

Na capital paulista, por exemplo, que já está na fase amarela há dois meses, é improvável que o prefeito Bruno Covas aprove o retorno.

Ontem, a Câmara Municipal da cidade aprovou projeto que permite aos pais decidirem quando enviar os filhos de volta e, para que as instituições privadas pudessem voltar a funcionar, teriam de receber aprovação de Covas, que já avisou, em entrevistas que só liberará a abertura quando a pasta da Saúde municipal considerar isso possível e sem risco.

Cidades do Grande ABC também já informaram que só levarão alunos de volta às classes no ano que vem.

Os sindicatos dos professores defendem que as aulas só sejam retomadas quando houver uma vacina contra o coronavírus.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site