-Publicidade-

Vacina russa contra covid-19 poderá ser produzida no Brasil

Chefe do fundo soberano do país afirmou que fabricação do imunizante na América Latina começará em novembro, caso órgãos reguladores permitam.
Putin e o chefe do fundo soberano russo: vacina deve ser produzida no Brasil e estar disponível na América Latina em novembro | Foto: Presidência da Rússia
Putin e o chefe do fundo soberano russo: vacina deve ser produzida no Brasil e estar disponível na América Latina em novembro | Foto: Presidência da Rússia | vacina russa, brasil, covid-19, kirill dmitriev, fundo soberano da rússia, vladmir putin, anvisa

Chefe do fundo soberano do país afirmou que fabricação do imunizante na América Latina começará em novembro, caso órgãos reguladores permitam

vacina russa, brasil, covid-19, kirill dmitriev, fundo soberano da rússia, vladmir putin, anvisa
Putin e o chefe do fundo soberano russo: vacina deve ser produzida no Brasil e estar disponível na América Latina em novembro | Foto: Presidência da Rússia

A vacina aprovada na Rússia e batizada de Sputinik 5 poderá ser produzida no Brasil, segundo o fundo soberano do país euro-asiático. A fabricação na América Latina deverá ter início ainda em novembro, caso os órgãos regulatórios dos países envolvidos assim o permitam.

O chefe do fundo soberano russo, Kirill Dmitriev, afirma já ter recebido pedidos de 20 países para 1 bilhão de doses do imunizante recém-registrado.

A vacina foi posta em uso no país com menos de dois meses de testes em humanos e sem a divulgação da pesquisa realizada, o que levou a comunidade científica a questionar sua segurança.

Dmitriev, no entanto, afirma que ela é extremamente segura, não tem efeitos colaterais e que ele mesmo já a recebeu.

No Brasil, caberá à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizar ou não a utilização e a distribuição do imunizante para a população.

Cabe saber também se as pessoas aceitariam tomar uma vacina cuja origem mal se conhece.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês