Decisão sobre uso de máscara deve ser anunciada no dia 18, diz Doria

'Estamos com um horizonte de curto prazo bastante otimista em relação a São Paulo', afirmou o governador
-Publicidade-
João Doria deu a entender que o Estado de São Paulo pode flexibilizar o uso de máscaras
João Doria deu a entender que o Estado de São Paulo pode flexibilizar o uso de máscaras | Foto: Aloisio Mauricio/Estadão Conteúdo

Na entrevista coletiva desta quarta-feira, 6, no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), despistou jornalistas quando indagado a respeito da possível liberação do uso de máscaras no Estado. A definição, segundo o tucano, deve ser anunciada em outra coletiva, no dia 18 de outubro.

Apesar de o comitê científico que assessora o governador estar reticente quanto ao fim da obrigatoriedade da utilização do equipamento de proteção facial ao ar livre, Doria deu a entender que a medida pode ser anunciada em breve.

Leia mais: “‘Comitê científico’ que aconselha Doria é contra fim do uso de máscaras”

-Publicidade-

“Estamos dentro de uma visão otimista em relação ao futuro próximo, e não pessimista. Os dados nos dão amparo para um otimismo moderado”, disse. “Ainda é preciso ter cuidado, mas estamos com um horizonte até de curto prazo bastante otimista em relação a São Paulo.”

Leia mais: “São Paulo pode desobrigar uso de máscara ao ar livre na 2ª quinzena de outubro”

“No dia 18 de outubro, teremos uma coletiva de imprensa. Um dos temas será a deliberação sobre máscaras, qual o critério e quais os períodos. Adotaremos a decisão que for expressada pelo comitê de saúde e pelo PEI [Programa Estadual de Imunizações] e vamos anunciar no próximo dia 18″, prosseguiu o governador paulista.

A coordenadora do PEI, Regiane de Paula, disse que, para tomar uma decisão desse tipo, é preciso “olhar para os dados de vacinação e também outros critérios”, e que “critérios epidemiológicos são muito importantes”.

Leia também: “Sete em cada dez cidades paulistas não tiveram morte por covid-19 na última semana”

Já Paulo Menezes, coordenador do comitê científico do governo do Estado, estabeleceu a “cobertura vacinal” como primeiro critério a ser considerado. “Nós caminhamos muito bem, felizmente. Devemos atingir praticamente 100% de vacinação completa para adultos nas próximas semanas”, destacou.

“O outro [critério] é o dos indicadores da pandemia. Estamos vendo uma melhora progressiva dos indicadores e esperamos que isso continue a acontecer”, completou Menezes.

Como noticiamos ontem, a prefeitura de São Paulo vem estudando a possibilidade de acabar com a obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre. A medida começaria a valer na segunda quinzena de outubro.

Leia também: “Prefeitura de Duque de Caxias decreta fim do uso obrigatório de máscara”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.