Depois do ‘apagão’ de AstraZeneca, São Paulo registra falta de doses da Pfizer

Imunizante não era encontrado em mais de 85% dos postos de saúde no início da tarde desta sexta-feira
-Publicidade-
Postos de saúde de São Paulo começaram a sofrer com falta de vacinas da Pfizer
Postos de saúde de São Paulo começaram a sofrer com falta de vacinas da Pfizer | Foto: Myke Sena/MS

Um dia depois de ter sofrido com a falta de doses da vacina da AstraZeneca contra a covid-19, a cidade de São Paulo viu “sumirem” dos postos de saúde nesta sexta-feira, 10, também os imunizantes da Pfizer. Segundo o jornal AgoraSP, moradores da capital paulista vêm encontrando muitas dificuldades para encontrar a vacina desde as primeiras horas da manhã.

De acordo com o site De Olho na Fila, da prefeitura de São Paulo, por volta das 12h30 não havia imunizantes da farmacêutica norte-americana em mais de 85% das unidades de saúde da cidade. Dos 536 pontos de vacinação abertos, 454 não tinham a vacina.

Leia mais: “São Paulo promete normalizar aplicação da AstraZeneca na segunda-feira”

-Publicidade-

A AstraZeneca, que continua em falta, não era encontrada em praticamente nenhum posto de saúde nesta sexta. No fim da tarde de ontem, apenas 20 unidades tinham o imunizante produzido no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo informou que recebeu 255 mil doses da Pfizer e 128 mil da CoronaVac. De acordo com a gestão municipal, essas vacinas estão sendo entregues em todas as regiões da capital.

Leia também: “São Paulo sofre com falta de segunda dose da AstraZeneca”

Como noticiamos mais cedo, o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, garantiu que, em relação à AstraZeneca, a situação deve se normalizar a partir da segunda-feira 13.

Leia também: “Ministério da Saúde rebate governo de SP: ‘Não devemos 2ª dose da AstraZeneca’”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

  1. Utilizaram todas as vacinas para primeira dose por isso estão à frente de outros estados,
    agora ficam reclamando de falta da segunda dose….

  2. esse doria nao da um passo sem pensar em ter vantagens, segundo o ministerio da saude , o governador usou lotes da segunda dose para ampliar a contagem da primeira dose, ele esta disputando com governador do rio , para ver quem vacina mais , sem mais

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro