São Paulo promete normalizar aplicação da AstraZeneca na segunda

Secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, afirma que a capital paulista deve receber 340 mil doses
-Publicidade-
São Paulo vem sofrendo com falta de doses da vacina contra a covid-19 da Oxford/AstraZeneca
São Paulo vem sofrendo com falta de doses da vacina contra a covid-19 da Oxford/AstraZeneca | Foto: Adriana Toffeti/Estadão Conteúdo

Um dia depois do “apagão” de doses da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca em São Paulo, o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, afirmou nesta sexta-feira, 10, que a capital paulista deve normalizar a aplicação do imunizante a partir de segunda-feira 13.

Segundo Aparecido, o Ministério da Saúde se comprometeu a entregar 340 mil doses da vacina produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) nessa data.

Leia mais: “Ministério da Saúde rebate governo de SP: ‘Não devemos 2ª dose da AstraZeneca’”

-Publicidade-

“Tivemos agora a notícia, através do Ministério da Saúde e da Fiocruz, que na segunda-feira, dia 13, será normalizado o envio de cerca de 1 milhão de doses para o Estado e 340 mil doses para a capital, quando a gente pretende normalizar a aplicação da AstraZeneca”, disse o secretário em entrevista à CNN Brasil.

Leia também: “São Paulo sofre com falta de segunda dose da AstraZeneca”

Aparecido explicou que essa quantidade de doses será suficiente para vacinar aqueles que deveriam ter tomado a segunda dose do imunizante nesta semana, mas não conseguiram, e também as pessoas cuja vacinação está programada para a semana que vem. Entretanto, pode haver nova falta de doses mais adiante. “O problema não é pequeno”, afirmou.

Como informou Oeste, o Ministério da Saúde rebateu o posicionamento da prefeitura e do governo do Estado de São Paulo e informou, na noite de ontem, que “não deve segunda dose da vacina da covid-19 da AstraZeneca” ao governo paulista. De acordo com a pasta, dados inseridos por São Paulo na plataforma “LocalizaSUS” mostram que o Estado “utilizou como primeira dose vacinas destinadas à dose dois”.

Leia também: “Por falta de insumos, Fiocruz ficará duas semanas sem entregar vacinas”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro