Eficácia da vacina da Janssen vai a 94% com 2ª dose, garante estudo

Pesquisa foi feita pela fabricante
-Publicidade-
Autoridades sanitárias dos EUA estão sendo pressionadas pelo presidente Joe Biden para liberarem doses de reforço de vacinas
Autoridades sanitárias dos EUA estão sendo pressionadas pelo presidente Joe Biden para liberarem doses de reforço de vacinas | Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

A Johnson & Johnson informou que uma segunda aplicação de sua vacina contra a covid-19 eleva a proteção do imunizante de dose única para 94%. Os dados constam em estudo da fase 3 do produto, divulgado na terça-feira 21. A pesquisa veio à tona depois de o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pressionar as autoridades sanitárias para liberarem “doses de reforço.”

“Nossa vacina de dose única produz fortes respostas imunológicas e memória imunológica de longa duração”, salientou a Johnson, em comunicado. “E, quando um reforço da vacina covid-19 da Johnson é dado, a proteção contra a covid-19 aumenta ainda mais”, salientou a fabricante, ao mencionar que a dose extra sobe os níveis de anticorpos de quatro a seis vezes.

O levantamento foi feito com 30 mil voluntários, com 18 anos ou mais. A dose adicional foi aplicada 56 dias depois da primeira.

-Publicidade-

Leia também: “‘Anvisa dos EUA’ põe alerta para advertir sobre síndrome autoimune da vacina da Janssen”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.