Governo federal fecha contrato para nova gestão da Cinemateca

Instituição estava sem comando desde o dia 31 de dezembro de 2019
-Publicidade-
Sede da Cinemateca Brasileira, em São Paulo
Sede da Cinemateca Brasileira, em São Paulo | Foto: Reprodução/TV Globo

Depois de quase dois anos, a Cinemateca voltará a ter uma administração. O governo federal anunciou nesta segunda-feira, 18, que fechou um novo contrato para a gestão da instituição responsável pela preservação da produção audiovisual no Brasil.

A Cinemateca estava sem comando desde o dia 31 de dezembro de 2019. Segundo o Diário Oficial da União, a Secretaria Especial da Cultura escolheu a organização social Sociedade Amigos da Cinemateca (SAC) para cuidar de gestão, operação e manutenção da entidade.

-Publicidade-

A organização receberá R$ 14 milhões por ano do governo federal para realizar essas atividades. A duração do contrato é de cinco anos. A SAC concorreu com outras duas candidatas na disputa.

Em setembro, um incêndio atingiu um galpão da instituição, na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo. A investigação sobre as causas do incêndio e eventuais responsabilidades está a cargo da Polícia Federal (PF), que assumiu a condução do caso no fim de julho. Até então, era a Polícia Civil de São Paulo que liderava as investigações. O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) também apura o caso.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.