Justiça concede privilégio a médicos do INSS

Decisão judicial permite que peritos do INSS decidam em quais agências eles mesmo devem voltar ao trabalho
-Publicidade-
Foto: Fachada de unidade da Previdência Social | Foto: Agência Brasil
Foto: Fachada de unidade da Previdência Social | Foto: Agência Brasil

Entidade de classe discorda de avaliação feita pelo governo federal

Unidade da Previdência Social | Foto: Agência Brasil
-Publicidade-

A Justiça Federal do Distrito Federal suspendeu o retorno dos médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ao trabalho presencial. A decisão foi proferida nesta quarta-feira, 23, e proibiu punições como desconto no salário e corte de ponto aos médicos que não voltarem a trabalhar dentro das agências consideradas inaptas pela Associação Nacional dos Médicos Peritos (ANMP). A entidade resiste a retomar o trabalho presencial sob a alegação de falta de condições sanitárias de proteção contra a covid-19.

Leia também: Desemprego sobe 27,6% em quatro meses em reflexo da pandemia

Na semana passada, o governo havia determinado que o atendimento presencial seria retomado na terça-feira, 22, quando 72% dos profissionais acataram a decisão e retornaram ao trabalho. Hoje, no entanto, o juiz Márcio de França Moreira, da 8ª Vara Federal do DF, suspendeu a decisão nas agências que a ANMP considera inadequadas. No último dia 21, a categoria informou que apenas 87 das 169 unidades que fazem perícia médica são seguras e que os profissionais poderão continuar o trabalho nas agências consideradas aptas.

 

 

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comments

  1. Por falar em privilégios: nenhum artigo na Oeste sobre a promoção de mais de 600 procuradores da AGU, todos por merecimento. Essa é a tal propalada “meritocracia”?

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site