Mayra Pinheiro vai ao STF e processa Aziz por calúnia, injúria e difamação

Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde também deve interpelar Renan Calheiros judicialmente
-Publicidade-
Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde
Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Os abusos cometidos pelo presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), podem finalmente custar ao parlamentar uma punição severa nos tribunais.  A secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o senador. Ela o processa por calúnia, injúria, difamação e dano emocional.

A secretária, que ganhou da CPI o apelido jocoso de “capitã cloroquina”, integra a lista de pessoas que tiveram indiciamento pedido pelo relator do colegiado, Renan Calheiros (MDB-AL). Ela foi acusada pelos crimes prevaricação, epidemia com resultado de morte e crime contra a humanidade.

Leia também: “Conclusões da CPI da CPI”, artigo de Augusto Nunes publicado na Edição 84 da Revista Oeste

-Publicidade-

“Acusar, dolosa e falsamente, uma médica exemplar com atuação fervorosa na área de saúde de provocar a morte de pessoas significa levar às últimas dimensões o dano à personalidade (honra) pela suprema agressão à dignidade da pessoa humana”, diz a ação protocolada por Mayra no STF.

No documento, a servidora cita trechos de entrevistas e pronunciamentos de Aziz em que o presidente da CPI a acusa de ter levado “à morte irmãos, irmãs do meu Amazonas”. Além de Aziz, Mayra disse que pretende processar outros membros do chamado “G7”, o núcleo duro da CPI, como o próprio Renan e o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.