Minas Gerais desiste de antecipar feriados para conter covid-19

Decisão 'se deve ao entendimento de que a eficácia desta medida requer maior embasamento fático e estatístico', diz nota da Assembleia Legislativa do Estado
-Publicidade-
Assembleia Legislativa de Minas desistiu de votar antecipação dos feriados no Estado
Assembleia Legislativa de Minas desistiu de votar antecipação dos feriados no Estado | Foto: Reprodução/TV Assembleia

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (Alemg) desistiu de votar a proposta de antecipação de feriados, que seria analisada nesta terça-feira, 30. A medida seguiria o que já foi feito na cidade de São Paulo e no Estado do Rio de Janeiro, com a decretação de um “megaferiado” para diminuir a circulação de pessoas nas ruas e, com isso, conter a disseminação do coronavírus.

Leia mais: “‘Megaferiado’ decretado por Covas não muda índice de isolamento”

-Publicidade-

A proposta de antecipar feriados foi retirada do texto do projeto de lei que será debatido hoje pela Alemg. Segundo nota divulgada pela Casa, “tal definição se deve ao entendimento de que a eficácia desta medida requer maior embasamento fático e estatístico”. O governo do Estado informou que está mantido o ponto facultativo na quinta-feira 1º, véspera do feriado de Sexta-Feira Santa, no dia 2. 

Outros itens do projeto de lei 2.591/2021 estão mantidos e serão apreciados pelos deputados, como a ampliação dos serviços de saúde por meio da convocação de profissionais voluntários e a contratação de estudantes da área de saúde e profissionais aposentados.

Leia também: “Protesto contra lockdown marca o domingo em Belo Horizonte”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.