Moraes atende a pedido do TSE e inclui Bolsonaro no inquérito das fake news

Em sua decisão, magistrado cita 11 possíveis crimes que, em tese, poderiam ter sido cometidos pelo presidente da República
-Publicidade-
O ministro Alexandre de Moraes, do STF, atendeu a pedido do TSE e incluiu Jair Bolsonaro em inquérito das <i>fake news</i>
O ministro Alexandre de Moraes, do STF, atendeu a pedido do TSE e incluiu Jair Bolsonaro em inquérito das fake news | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e incluiu o presidente Jair Bolsonaro no chamado inquérito das fake news, que apura a disseminação de supostas notícias falsas.

A decisão dos dois tribunais foi tomada a partir das declarações de Bolsonaro sobre as eleições, principalmente a defesa do voto verificável e as críticas ao atual modelo de votação 100% eletrônica adotado no Brasil.

Leia mais: “TSE pede ao STF compartilhamento de provas para investigação da chapa Bolsonaro-Mourão”

-Publicidade-

O controverso inquérito das fake news foi aberto em março de 2019, por decisão de ofício do então presidente do STF, Dias Toffoli, para investigar notícias falsas, ofensas e supostas ameaças contra ministros da Corte. O relator da investigação no Supremo é o ministro Alexandre de Moraes, a quem coube decidir sobre a inclusão de Bolsonaro.

Em sua decisão, Moraes cita 11 possíveis crimes que, em tese, poderiam ter sido cometidos pelo presidente da República, entre os quais calúnia, difamação, injúria, incitação ao crime e denunciação caluniosa.

Leia também: “‘Não vai ganhar na canetada’, diz Bolsonaro sobre Barroso”

Moraes ainda determinou que a Polícia Federal (PF) tome o depoimento das pessoas que acompanharam Bolsonaro durante a live da semana passada, em que o presidente reiterou suas críticas ao sistema de votação no Brasil e colocou em dúvida a credibilidade do processo eleitoral.

Leia mais: “Arthur Lira: ‘Não se vai aceitar que a Justiça Eleitoral legisle’”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

14 comentários

  1. PRECISAM MEXER NAS ATUAÇÕES DESSE CAPA PRETA, QUANDO FOI SECRETÁRIO DA SSP-SP E MINISTRO DA JUSITÇA, PORQUE AS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS ESTÁ COMEÇANDO A SAIR DAS TOCAS.

    E O TUCANALHA PRECISA SER RESPONSABILIZADO PELOS ESTRAGOS CAUSADOS PELO PCC ANOS ATRÁS.

  2. E o Senado continua engavetando o pedido para instaurar o impedimento desse crápula, que teve 2.5 milhões de assinaturas.
    E as manifestações a favor do voto auditável? A vontade popular não vale?
    Vivemos realmente um regime de exceção onde a democracia foi deturpada.

  3. FAKE NEWS DO BOLSONARO, MINISTRO?
    É MESMO? DIANTE DOS FATOS ESTARRECEDORES ENVOLVENDO O TSE, ATÉ A EXCIA. SABE QUE O(S) MENTIROSO(S) SÃO AS NOBRES EXCIAS. AGORA, E DE FORMA DEFINITIVA, TÁ ESCANCARADO AO BRASIL INTEIRO A MENTIRA ESCONDIDA PELO TSE E DE CONHECIMENTO DA CORTE MÁXIMA. OS VERDADEIROS PROPAGADORES DE FAKE NEWS, COMO O STF GOSTA DE DIZER, SÃO OS SENHORES.
    QUE TAL TODOS SEREM INVESTIGADOS NO SEU INQUÉRITO DAS FAKE NEWS, MINISTRO?

  4. #TSECabideEmpregoVAGABUNDOS
    FUNCIONARIOS DO TSE SÃO PARASITASFUNCIONAIS QUE SE APROVEITAM DO CABIDE DE EMPREGOS DO UNICO TSE DO MUINDO, MAS AQUI TEM NARCO TOGADO BARROSO DO STF LADRAO PARA ROUBAR ERARIO PUBLICO. FAKE NEWS DOS BANDIDOS COMPRADOS PELO CRIME FUNCIONARIOS E TOGADOS DO INUTIL E DISPENSAVEL! TSE DERRUBEM ESSA MERDA… STF imundos Organização criminosa do G10 não tem peito 01 de Agosto MASSACRANTE. Se malditos STF se arriscarem outra marcha será marcada JUNTO A EXERCITO IREMOS BUSCAR A CABEÇA DAS 10 BESTAS SENIS TOGADAS TERÃO CACELAMENTO DE CPF e a RETALHAÇÃO (isso pedaços aos tubarões)

  5. Provado agora a não “fake news” do PR e a “fake news” de barroso, morais, alcunhado “cabeça de ovo”, retirará o PR do “inquérito do fim do mundo” e ao mesmo tempo incluirá o barroso, ou a máxima “dois pesos, duas medidas” prevalecerá?

  6. É preciso ser planejado um Plano B caso o voto impresso não seja aprovado pelo Congresso Nacional: vide PROPOSTA ALTERNATIVA AO VOTO IMPRESSO SEM NECESSIDADE DE APROVAÇÃO DE PEC E SEM A SUA IMPRESSÃO. Garante 95% de confiabilidade ao resultado das eleições e com custos mínimos… https://youtu.be/ebVV0EldkOY

  7. O TSE deve provar para irao
    Os eleitores que não teve fraude nas eleições.
    O Ministro Barroso ao invés de investigar deveria estar sendo investigado.
    A esquerda em delírio não consegue entender o fenômeno ” quanto mais batem” mais o povo percebe quem está certo!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro