Ômicron: avanço da covid-19 deve ser menos letal, avalia ministro

Saúde espera o cenário semelhante ao que vem ocorrendo em países europeus
-Publicidade-
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga | Foto: Walterson Rosa/MS

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, avalia que o avanço da covid-19 não deve resultar em um aumento de mesma proporção no número de mortes. Em sua análise, o desempenho da variante Ômicron no Brasil terá letalidade menor, repetindo o cenário visto em outros de países.

“Temos cenário pandêmico de certa incerteza, em face da variante Ômicron, mas temos a esperança de que não haja uma explosão de internações hospitalares nem aumento proporcional de óbitos, porque nossa população está fortemente vacinada”, afirmou o ministro nesta segunda-feira, 10.

-Publicidade-

O Brasil deverá ter um “desempenho semelhante ao que ocorre em países da Europa, como Espanha, Reino Unido e França, onde houve o incremento de casos, mas não houve a subida de óbitos”, disse Queiroga. “Mas temos de esperar a evolução da pandemia para termos posição definitiva sobre o tema.”

De acordo com o ministro, o país não está apresentando um “aumento proporcional no número de óbitos” depois da nova cepa.

Em meio à chegada da Ômicron, Queiroga destacou ainda que o Ministério da Saúde deve distribuir dezenas de milhões de testes em janeiro para detectar a covid-19.

“Em janeiro, vamos distribuir 40 milhões de testes rápidos de antígenos”, afirmou. “Destes, 14 milhões nos próximos 15 dias. É necessário que tenhamos novamente o empenho dos municípios para fazerem essa testagem na atenção primária e enviar esses resultados ao Ministério da Saúde, para que tenhamos a visão da evolução da pandemia.”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.