Petrobras reajusta preço do diesel em quase 9%

O aumento passa a valer a partir de amanhã nas refinarias
-Publicidade-
O último ajuste aplicado pela Petrobras no litro do diesel aconteceu em 11 de março
O último ajuste aplicado pela Petrobras no litro do diesel aconteceu em 11 de março | Foto/Reprodução: Flickr

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira, 9, um reajuste de 8,8% no preço do diesel. Com isso, o valor médio do combustível passa de R$ 4,51 para R$ 4,91. Esse aumento começa a valer a partir de amanhã.

Segundo a companhia, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor será em média de R$ 0,36 por litro, ou seja, de R$ 4,06 para R$ 4,42. Isso considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos.

A empresa justifica que com o reajuste “segue outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos seus preços de venda acompanhando os preços de mercado”. Lembra ainda que o último ajuste aplicado pela Petrobras aconteceu em 11 de março. “Esta decisão observou tanto o desalinhamento nos preços quanto a elevada volatilidade no mercado”, informou a estatal.

-Publicidade-

Segundo a Petrobras, o balanço global de diesel está impactado por uma redução da oferta em relação à demanda, o que reduziu os estoques globais para patamar abaixo das mínimas sazonais dos últimos cinco anos nas principais regiões supridoras.

Dessa maneira, resultou na elevação dos preços de diesel no mundo inteiro, com a valorização desse combustível muito acima da valorização do petróleo. “A diferença entre o preço do diesel e o preço do petróleo nunca esteve tão alta”, afirmou a companhia.

Leia também: “Já passou da hora de privatizar a Petrobras”, texto de Salim Mattar publicado na edição 108 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

19 comentários Ver comentários

  1. Quebre o monopólio da produção e venda de combustíveis dessa empresa. Porra, deixa as pessoas produzirem alcool e biodísel para compor a oferta de combustíveis. Essa desgraça de empresa está quebrando a nossa economia. Empresa fdp!

  2. Como esta narrado na reportagem, o diesel na bomba ao consumidor é composto por 90% de diesel da Petrobras e 10% de biodiesel dos Usineiros, mas alguém sabe que mesmo com este aumento de R$4,06 para R$4,42 pelos 90%, o preço do diesel da Petrobras é inferior ao do biodiesel?
    Então vamos lá: o vr. na bomba é atualmente assim distribuído para os agentes; R$4,06 Petrobras, R$0,69 para Usineiros, R$1,19 para Dist/Rev.(privado) e R$0,79 para ICMS(estados). Logo o vr. por lt. do diesel da Petrobras é 4,06/0,90=R$4,51 e o biodiesel do Usineiro é 0,69/0,10=R$6,90.
    A Dist/Rev. de R1,19 representa 29,3% do vr. recebido pela Petrobras e o ICMS de R$0,79 representa 19,5%. Consta que os governos estaduais estabeleceram o vr. fixo de R$1,00 por lt. de ICMS e nenhuma imprensa comenta, e que os imp.federais foram zerados por Bolsonaro.
    Assim, com esse aumento, se os demais agentes mantiverem seus preços teremos o seguinte vr. na bomba: Petro=R$4,42/ Usin.=R$0,69/ Dist./Rev=R$1,19/ ICMS=R$0,79 totalizando R$7,09 ou 5,3% do vr. atual e não 8,8% conforme o texto deixa entender.
    Recomendo a redação da revista oeste que faça matéria a respeito e acompanhe se realmente o ICMS vai para R$1,00 e o biodiesel e a Dist./Rev. não vão aumentar também.
    Só assim, os consumidores do diesel (transporte de carga e passageiros) saberão quem são os vilões que por pressões politicas Bolsonaro só se manifesta contra Petrobras e o escandaloso ICMS.
    Agora, função social é do Estado e não da Petrobras, portanto o “abusivo lucro” que Bolsonaro critica na empresa, esta indo para o TESOURO que poderia fazer junto com outros impostos e royalties que a Petrobras paga, o subsidio necessário SOMENTE ao diesel utilizado por transportes da carga e passageiros. Pick ups. diesel de empresários não é função social.
    A União Federal tem 3.740.470.811 ações on e pn=28,6% do capital total da Petrobras de 13.044.496.930 ações ordinárias e preferenciais.
    O BNDESPAR tem 900.210.496 e o BNDES tem 135.248.258, as ADRs (on+pn)=2.650.409.726 o FMP (FGTS PETROBRAS) tem 148.112.351 os estrangeiros tem 3.153.372.703 e as demais pessoas jurid. e físicas tem 2.316.672.585.
    A União recebeu em 2021 (29/4-25/08 e 15/12) a importância de R$20 bi de DIVIDENDOS E JCP, o Bndespar R$4,8 bi e o Bndes R$0,72 bi. e em 2022 ref. a dividendos de 2021 + resultado 1o.tri/22 a União recebera em 16/05-20/06 e 20/07 a importância de R$24,6 bi, o Bndespar R$5,9 bi e o Bndes R$0,9 bi.
    Anterior a 2016 esta empresa era roubada, a direção ganhava altos salários e comprava sucatas e portanto não dava nada para a função social do POVO BRASILEIRO.
    Fica claro que a Petrobras saneada e com competentes profissionais é um bom investimento aos preços que se encontram no mercado. Ainda sou Bolsonarista e não tem mercadoria melhor neste ano, mas é importante que se contenha nessa constante critica a Petrobras, ou privatize-a urgentemente quando for reeleito.

  3. Petrobras – é uma organização contra a economia Brasileira. Além de ser um cabide de mordomias e lucros abusivos. PRIVATIZAÇÃO já !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  4. Os que são contra a privatização, veem nisso a oportunidade de saquearem mais uma vez a empresa, ou usa-la como moeda de troca, “veja bem, temos petróleo”.

  5. Petrobras – privatização jáaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!! esse empresa é um poço de mordomia e corrupção. Além de lucros abusivos !

  6. Já Paasou do Tempo de Privatizar esse Monstro Sugador do Povo Brasileiro. Nas Mãos dos Investidores e de Politicos Corruptos. Bancado pelo Dinheiro Suado do Povo Brasileiro.

  7. Infelizmente, depois de saqueada e loteada ao capital estrangeiro, a “petobrais” não nos servirá nunca mais. O governo que venda essa estuprada pelo Pt, e passe a comprar nosso combustível na livre concorrência, já que o preço é o mesmo, e pagaremos bem menos. Vendam tudo, menos os poços, que são nossos e poderemos criar outra empresa, privada, para nós abastecer também. Esse último presidente lá colocado, é o pior de todos. Tudo bem que se estivessem em dificuldade para remunerar os capitais investidos, mas com esses exageros de lucros e aumentando mais os preços? É uma afronta ao estado, de quem não está nem aí para o país.

    1. Esse sim é o “capitalismo selvagem” que mata as galinhas para tirar os ovos que ainda estão por vir, ainda mais se esses ovos forem de ouro. O capitalismo antigo, que arrasava as terras de tanto plantar e as abandonava como improdutivas. O capitalismo hoje não pode descartar nada, tem que garantir auto suficiência em tudo, porque tudo acabará se não soubermos usar.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.