Polícia do Rio prende 13 em ação contra milícia que lavava dinheiro com bitcoins

Estão sendo cumpridos 23 mandados de prisão temporária e 63 de busca e apreensão
-Publicidade-
Polícia prendeu lideranças da facção criminosa em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca
Polícia prendeu lideranças da facção criminosa em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca

Treze criminosos foram presos nesta quinta-feira, 23, pela Polícia Civil do Rio, no âmbito da Operação Blood Money, contra uma milícia que dominava regiões da Muzema e de Rio das Pedras, na zona oeste da capital fluminense. As informações são da TV Globo.

Segundo os policiais, os bandidos lavavam dinheiro das atividades criminosas utilizando até bitcoins. Estão sendo cumpridos 23 mandados de prisão temporária e 63 de busca e apreensão.

Leia também: “Polícia do Rio prende 32 e desmantela maior rede de agiotas do Estado”

-Publicidade-

De acordo com os investigadores, “um relatório de inteligência financeira apontou vultuosas movimentações praticadas por pessoas físicas e jurídicas, usadas na engrenagem criminosa, em curtíssimo período de tempo”.

Leia também: “Polícia descobre apartamento usado como ‘central do Pix’, em SP”

“Uma das técnicas que eles estavam usando para branquear esse dinheiro era a compra de criptomoedas, além da compra de joias e imóveis e transferências em pequenos valores, tudo para ocultar a origem da verba”, explicou o delegado Moysés Santana.

A polícia prendeu, em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, Luiz Carlos dos Reis Príncipe Júnior e Clébia Conserva Barros Gondim, apontados como donos da construtora dos prédios que desabaram na Muzema, em abril de 2019, matando 24 pessoas.

Leia mais: “TJ-RJ aprova pagamento de verbas de ‘direitos pessoais’ a magistrados”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.